1ª Jornada de Saúde Mental reúne 262 pessoas

Por: Vander Deziderio (Programa de Estágio) - Supervisão Marcelo de Almeida Júnior

A Secretaria da Saúde (SES), por meio da coordenação de Saúde Mental, realizou a I jornada de Saúde Mental de Sorocaba nos dias 28 e 29 de novembro com o apoio da Universidade de Sorocaba (UNISO) e da Divisão de Educação em Saúde. Durante os dois dias, 262 pessoas participaram da programação que contou com palestras, rodas de debates e atividades culturais. A realização teve como objetivo ampliar o conhecimento sobre a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) e de aproximar a população das decisões tomadas na área da Saúde.

Hebert Lima Senne, usuário do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) III ‘Arte do Encontro’ foi o encarregado de recepcionar o público através de sua apresentação musical com voz e violão. Logo após, a secretária de Saúde, Dra Marina Elaine Pereira, deu as boas-vindas ao público e falou mais sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido na área de Saúde Mental. “A nossa proposta é a aproximação do serviço público com a sociedade, ouvir e oferecer serviços de qualidade. Em Sorocaba, contamos com oito CAPS que realizaram até setembro deste ano 61.736 atendimentos, um aumento de 10.127 atendimentos em comparação ao mesmo período do ano de 2017. Somente em atendimentos médicos, a soma é de 15.560 e de atendimentos de multiprofissionais totalizaram 46.176 pacientes”, ressalta.

De acordo com a coordenação de Saúde Mental, a rede recebeu 2.981 casos novos e 26.690 usuários foram atendidos pelos CAPSs. Além disso, serviços como o acolhimento noturno, atenção aos usuários em crise, visitas domiciliares e acompanhamento no território, entre outros são oferecidos. Os pacientes podem procurar os serviços de saúde mental através das 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) ou em um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS).

O evento também contou com a participação do secretário de Segurança e Defesa Civil, Jefferson Gonzaga, que contou sobre o projeto da terapia assistida por animais articulada pela Secretaria de Segurança e Defesa Civil (SESDEC) em parceria com a Secretaria de Saúde. “Agradeço a Dr. Marina, que acolheu o projeto da terapia assistida por animais, que utiliza cães adestrados do canil da Guarda Civil Municipal (GCM), que tem o objetivo de desenvolver físico, psíquico, cognitivo e social dos pacientes. Quando falamos de uma gestão de política pública séria, pautada e técnica, temos que de fato suar um pouco mais e concretizar a articulação da rede”, destaca o secretário.

Falando sobre a importância da I Jornada de Saúde Mental de Sorocaba e o que ela representa, a coordenadora de Saúde Mental, Eline Araújo, enfatizou sobre o marco e o que representa esse evento. “A I Jornada de Saúde Mental de Sorocaba foi um marco para o fortalecimento da RAPS através da oferta de informações atualizadas e pertinentes, estendidas não somente aos profissionais de saúde, mas também de outras áreas e para os usuários da rede. Acredito que esse cenário possibilitou investir na disseminação de informações não apenas teóricas, mas também as vivências já que a Saúde Mental ainda é visualizada por muitos de forma mitificada. Foi outro degrau para aprimorarmos ainda mais nosso cuidado dirigido aos nossos cidadãos”, enfatiza Eline.

Durante os dois dias, palestras, rodas de debate e atividades culturais foram realizadas, temas como “Suicídio – a epidemia calada”, “O cuidado em Saúde Mental”, “A Ansiedade na Infância”, “Saúde Mental na Atenção Básica: possibilidades do Apoio Matricial”, “Mesa Redonda: Identidade de Gênero: tecendo cuidados em saúde às pessoas transgêneros”, “Pósvenção do Suicídio – Amar após a dor” e “Residência Terapêutica: lugar onde é possível sonhar” foram abordados por profissionais da área da saúde.

Estiveram presentes ministrando as palestras, a psiquiatra e escritora, Dra. Maria Cristina Ramos de Stefano, Dra. Mônica Martins de Oliveira Viana, Prof. Dr. Jamiro S. Wanderley, Beatriz Bork, Elisabete Gaidei Arabage, Carolina Gomes Duarte, Thara Wells, Dra.Valéria Lisboa, Dra. Laura Massaglia Soeiro e o Grupo Seriema. Além das apresentações dos grupos Canta RAPS (Coral do CAPS III Arte do Encontro) e grupo de capoeira do CAPS IJ Aquarela.

Muito mais por Sorocaba!

Tags: