Ação preventiva contra febre amarela terá início em Brigadeiro Tobias

Por: Marcelo de Almeida Júnior - marcalmeida@sorocaba.sp.gov.br

Não há motivo para alarme. Sorocaba não possui caso confirmado da doença em humanos e nem registros de óbitos em macacos

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Saúde (SES), dará início a uma ação preventiva contra a Febre Amarela em Brigadeiro Tobias. A vacinação para a prevenção da doença será realizada de quarta a sexta-feira (3, 4 e 5), das 7h às 19h, e no sábado (6), das 8h às 17h, na UBS (Unidade Básica de Saúde) do bairro, localizada na rua Ana Gomes Correa, 55.

Sorocaba não é considerada área de recomendação da vacina e não possui nenhum caso confirmado de febre amarela em humanos e nem registros de óbitos em macacos. Por orientação da Secretaria de Estado da Saúde, através do Grupo Regional de Vigilância Epidemiológica (GVE 31), a SES ampliará ações preventivas pela cidade de forma estratégica em regiões preconizadas pelo Estado.

Segundo a gestora da Vigilância em Saúde, Jéssica Diniz, toda ação preventiva em determinadas áreas do município será realizada a partir de orientações da Secretaria de Saúde do Estado, que vem acompanhando a ocorrência de casos de febre amarela silvestre em macacos e humanos no Estado. “A ação é preventiva e não há motivo para alarme. Todos os casos confirmados no Estado ocorreram em localidades próximas às matas nativas, portanto, a ação será direcionada a determinados territórios”, explica a gestora.

De acordo com a SES, outros bairros que receberão a ação preventiva estão sendo analisados pela Secretaria de Estado da Saúde e serão divulgados nos próximos dias. As doses serão disponibilizadas pelo Estado.

Desde abril de 2017, o Ministério da Saúde passou a adotar dose única da vacina contra a febre amarela para as áreas com recomendação de vacinação em todo o país. A medida está de acordo com orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

Áreas de risco

Quem vai viajar para áreas de risco de febre amarela deve se vacinar contra a doença. Para estar protegido é necessário tomar a dose única da vacina pelo menos dez dias antes de embarcar para uma área de risco.

A lista completa e atualizada das regiões do Estado de São Paulo consideradas como áreas de risco deve ser consultada no site: http://saude.sorocaba.sp.gov.br/destaques/vacinacao-contra-febre-amarela/.

O atendimento às pessoas que necessitam dessa imunização é feito em três Unidades Básicas de Saúde. Segue abaixo os dias e horários:

 

UBS Escola

2ª a 6ª feira – 8h às 16h

Avenida Comendador Pereira Inácio, 500
UBS Vila Angélica

4ª feira – 11h às 16h

Rua Major Sila Vilela, 27
UBS Jardim Simus

5ª feira – 13h às 16h

Alameda dos Lírios, 327
A doença

O vírus da doença é transmitido pela picada de mosquitos infectados. Existem dois ciclos de transmissão da febre amarela, o silvestre e o urbano. Nas matas, os responsáveis por transmitir o vírus são os mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes. Já nas cidades, quem passa a doença é o Aedes aegypti, o mesmo que transmite a dengue, o vírus zika e a chikungunya. No Brasil não há registro de febre amarela do ciclo urbano desde 1942.

Tags: