Casas do Cidadão modernizam sistemas de atendimento e climatização

Por: Secom / Secid

Canal mais próximo entre a Prefeitura e a população, as Casas do Cidadão oferecem aos usuários um novo sistema de atendimentos 100% digital. A Secretaria da Cidadania e Participação Popular (Secid) concluiu o processo de atualização tecnológica das sete unidades no final de agosto, o que permitirá uma redução no tempo médio de espera, maior precisão nos bancos de dados e estatísticas relativos aos serviços prestados e menor custo de manutenção em comparação a antiga tecnologia analógica. Simultaneamente, foi concluída a instalação de climatizadores, com o objetivo de oferecer mais conforto aos munícipes.
As Casas do Cidadão agora operam com base no Sistema de Gerenciamento de Atendimento (SGA), um software livre desenvolvido pela Dataprev – Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social, com adaptações feitas pela área de Tecnologia da Informação da Prefeitura, sem gerar despesas aos cofres públicos. O programa vinha sendo usado na unidade Paço Municipal, em fase de testes, desde o mês de março. Após alguns ajustes técnicos, a implantação nas unidades Éden, Itavuvu, Ipanema, Ipiranga, Nogueira Padilha e Brigadeiro Tobias e o treinamento dos servidores municipais se deram gradativamente desde junho.
Como o SGA atua de forma on-line, a partir do momento em que o munícipe retira a senha, cada atendente tem no próprio computador uma visão geral de quantas pessoas aguardam pelo chamado e a chegada de novas solicitações. Após a conclusão do atendimento, o funcionário sinaliza qual o tipo de serviço prestado e o tempo de execução, permitindo a chamada do próximo. Outra mudança importante é que todos os guichês ficam habilitados para chamar senhas preferenciais, pois o sistema analógico permitia apenas que cada setor em cada Casa disponibilizasse apenas um guichê para usuários nesta condição.
Uma das principais vantagens do SGA é que ele opera de forma on-line e não gera custos de manutenção, enquanto o sistema analógico usado anteriormente é privado, patenteado e tecnologicamente ultrapassado. “Com o funcionamento em 100% nas sete Casas, o software também nos fornecerá estatísticas mais precisas relativas ao total de atendimentos, tipos de serviços prestados e os tempos médios de espera e de execução, para que possamos conhecer melhor nossas necessidades e nos aprimorar cada vez mais”, destaca a secretária Suélei Gonçalves.

Solicitação via Ouvidoria

No mês de agosto, a Secid concluiu também a instalação de 23 climatizadores distribuídos entre as sete Casas do Cidadão, iniciadas no final de maio. Os equipamentos atendem a uma das principais reclamações referentes às Casas apresentadas à Ouvidoria Geral do Município e possibilitarão uma temperatura ambiente mais agradável e maior conforto aos munícipes e servidores municipais nos dias de calor mais intenso.
O climatizador é composto por um ventilador afixado na parede e, do lado externo, um reservatório, uma bomba hidráulica e células evaporativas. Com o equipamento em funcionamento, o ventilador aspira o ar externo, fazendo com que a movimentação do ar leve à evaporação da água, processo que aumenta a umidade do ar e reduz a temperatura ambiente. Em comparação aos aparelhos de ar-condicionado, o consumo de energia do climatizador é cerca de 90% menor.

Eficiência e satisfação

A compra e instalação dos climatizadores, assim como a implantação do SGA, fazem parte de uma série de ações desenvolvidas pela Secid nas Casas do Cidadão desde 2017, tendo em vista aumentar a eficiência e os índices de satisfação dos atendimentos prestados. Para viabilizar as melhorias, a Secid captou cerca de R$ 1,2 milhão em recursos externos, por meio de emendas aos Orçamentos Municipal, Estadual e Federal. Do total desta verba, parte ainda se encontra em fase de tramitação.
Dentre as quais, estão a contratação de 26 novos servidores por concurso público; aquisição de uniformes e desenvolvimento de treinamentos e capacitação para os servidores; reabertura da unidade Paço Municipal; aumento na oferta de serviços, por meio de parcerias com o Procon, a Ouvidoria; o PAT; e ampliação do prazo de inscrições em creches, que agora são realizados exclusivamente nas Casas; aulas dos cursos de Liderança Comunitária e do Time do Emprego; pintura, substituição de piso e de poltronas; investimentos em infraestrutura e mais dispositivos de segurança; instalação de sistema de iluminação por LED (internamente) e de iluminação no entorno; recepção de propostas do Participa Sorocaba.
As sete unidades das Casas do Cidadão atuam como o canal mais próximo entre o munícipe e o Poder Público, pois leva a todas as regiões de Sorocaba mais de 100 tipos de serviços da Prefeitura, Saae, Urbes, CPFL e conciliações judiciais do Cejusc. No primeiro semestre de 2019, as unidades somaram mais de 455 mil atendimentos prestados a mais de 380 mil senhas emitidas, com um índice de satisfação do munícipe de aproximadamente 75%.

Tags: