Endereço: http://agencia.sorocaba.sp.gov.br/centro-de-referencia-de-educacao-recebe/
Acessado em: 21/03/2019 - 15h46

Centro de Referência de Educação recebe Desembargador para palestra sobre trabalho infantil

Por: Elizabeth Alves (Programa de estágio) – Supervisão de Vanessa Valente

Acontece nessa sexta-feira (15), às 9h, a palestra sobre trabalho infantil com o Desembargador João Batista Martins César no Centro de Referência de Educação (CRE).

A palestra faz parte da exposição “Um mundo sem trabalho infantil” que é uma parceria da Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Igualdade e Assistência Social (Sias), com o Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região.

O objetivo é apresentar à sociedade as piores formas de trabalho infantil, e com isso, conscientizar sobre a importância do cumprimento dos direitos das crianças e adolescentes, a fim de garantir a esses jovens um futuro digno e equilibrado.

Rodolfo Pimenta Casagrande, que é gerente do Ministério de Trabalho de Sorocaba, acredita que o órgão tem o papel importante na fiscalização e combate a exploração, “O Ministério do Trabalho, em parceria com o Poder Executivo, tem um papel fundamental justamente nessa ação de combate ao trabalho infantil, supervisionando as empresas, dando palestra para conscientizar o empresariado e fiscalizando as cotas de aprendizagem, sendo um dos maiores focos no combate ao trabalho infantil, através da inserção do jovem de forma correta”.

Ele ainda enfatiza a importância da exposição que segue até abriu em nossa região, “A exposição é imprescindível, pois quanto mais conseguirmos expor às pessoas a situação real do trabalho infantil, quebrando o paradigma de que ‘é melhor trabalhar do que roubar’; quanto mais alcançarmos a população conscientizando sobre a necessidade de lutarmos contra o trabalho infantil, contribuindo em favor do trabalho legalizado com direitos, segurança proteção e de forma que seja uma forma de aprendizagem aos jovens, acredito que conseguiremos um futuro melhor’.

A Coordenadora da Criança, Adolescente e Jovem da Secretaria de Igualdade e Assistência Social (SIAS), Angelica Lacerda Cardoso Ribera, que vivencia diversos casos, explica o papel da Secretaria diante das situações diárias de resgate, “Dentro da SIAS existe uma equipe que se dedica à erradicação do trabalho infantil, que segue um guia de orientação técnica e que, vale lembar, existem diversas formas de trabalho infantil, tais como; trabalho doméstico, no campo, nas ruas, exploração sexual entre outros”, destaca.

Angelica ainda reforça que a sociedade também tem a responsabilidade social de ajudar na tarefa do combate, “É uma questão de conscientização, informação e diálogo para que as pessoas compreendam que comprando produtos da mão de uma criança ela não está ajudando, pelo contrário, está dizendo para criança que ela só tem essa oportunidade, e nasceu para ficar na rua. O que não é verdade”.

Segundo o Desembargador, ao longo de 25 anos de trabalho, o número de jovens em situação irregular vem diminuindo. “Antes existiam 12 milhões de crianças trabalhando por ano, hoje são aproximadamente dois milhões e quatrocentos mil ainda, ou seja, estamos contribuindo para esse número diminuir”, finaliza.

O Centro de Referência de Educação fica na rua Arthur Caldini, 211 – Jardim Saira.

Muito mais por Sorocaba!