Cerca de 100 atiradores conferiram palestra sobre Segurança no Trânsito

Por: Mariana Campos – comunicacao@urbes.com.br

A Urbes – Trânsito e Transportes promoveu na manhã desta segunda-feira (14) uma palestra sobre Segurança no Trânsito para cerca de 100 atiradores do Tiro de Guerra de Sorocaba, na sede da instituição, localizada na Vila Hortência.

A atividade fez parte da programação especial do Movimento Maio Amarelo na cidade, que tem como intuito conscientizar os cidadãos a dirigirem de forma segura e manter um bom comportamento no trânsito, seja como motorista, motociclista, ciclista ou pedestre.

Durante a atividade, o funcionário José Alfredo Scarpelli Junior, do Setor de Educação para o Trânsito da Urbes, falou do significado do Maio Amarelo e o panorama atual na cidade. Sorocaba já atingiu a resolução da ONU, que estabeleceu que as cidades de todo o mundo reduzam em, no mínimo, 50% o número de vítimas no trânsito entre 2011 e 2020.

Em 2011, Sorocaba teve 74 mortes no trânsito. No ano seguinte, em 2012, o número reduziu para 50. Em 2013, foram 61 vítimas fatais. Em 2014, este número passou para 44. Em 2015 e 2016, ocorreram 33 mortes no trânsito e, em 2017, 30. Ou seja, houve uma redução de 60% dos acidentes.

Scarpelli também falou do Sicat (Sistema de Controle de Acidentes de Trânsito) e como funciona o trabalho da Urbes para reduzir os índices de acidente nas vias urbanas da cidade, envolvendo ações nas áreas de Engenharia de Trânsito, Fiscalização de Trânsito e Educação para o Trânsito.

Os atiradores também puderam conhecer as várias ações educativas desenvolvidas pela Urbes de forma permanente em Sorocaba, como a Escola do Pedala, Escola do Pedala Terceira Idade, blitz educativas, blitz fiscalizatórias da Lei Seca em parceria com a Polícia Militar e Guarda Civil Municipal, Faixa Viva, entre outras.

 

Sobre o Maio Amarelo

Criado pelo Observatório Nacional de Segurança Viária na esteira da determinação da Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU) que editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”, o Movimento Maio Amarelo é uma ação coordenada entre o Poder Público e a Sociedade Civil com o objetivo de envolver e chamar a atenção da população para o alto índice de mortes e feridos no trânsito.

Em 2018, o tema da campanha é “Nós somos o trânsito”. Trata-se de um estímulo aos condutores, pedestres e passageiros a optarem por um trânsito mais seguro no município. De acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária, mais de 38 mil pessoas por ano morrem no trânsito no Brasil e 90% dos acidentes têm como motivação as falhas humanas como imperícia, imprudência e desatenção.

 

 

  • 1 (116.66 KB)
  • 2 (77.17 KB)
  • 3 (117.72 KB)
  • 4 (58.89 KB)
  • 5 (75.71 KB)

Tags: