Cinco vias de Sorocaba ganharão mais de 450 árvores nativas

Por: Secom / Sema

 

A estimativa é finalizar esta primeira etapa do trabalho em janeiro de 2020

 

Desde o dia 26 de novembro, a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema), está realizando o plantio de árvores no canteiro central de vias da cidade. A ação de arborização urbana teve início na avenida Fernando Stecca e na avenida Victor Andrew, localizadas na Zona Industrial.

A ideia da Secretaria do Meio Ambiente é aproveitar essa época do ano, que é mais chuvosa, para o plantio dos exemplares, garantindo a efetividade do plantio das árvores. “O período de chuvas contribui fortemente para o sucesso do plantio, garantindo água em quantidade e qualidade”, destaca o secretário do Meio Ambiente, Parques e Jardins, Maurício Tavares da Mota.

Outra decisão importante para a efetividade do plantio foi a escolha de mudas de árvores do viveiro do Horto Florestal, que são de médio e grande porte, algumas com cerca de três metros de altura, todas de compensação ambiental. As vias ganharão diversas espécies nativas, como ipê-branco, ipê-amarelo, quaresmeira, ipê-roxo e cabreúva.

De acordo com o cronograma feito pela Divisão de Áreas Urbanas da Sema, a primeira fase da iniciativa contemplará também a avenida Camilo Júlio, rua José Ribeiro e avenida J.J. Lacerda. Os locais foram escolhidos pela Secretaria do Meio Ambiente por serem vias com pouca arborização e com grande movimentação. A previsão é finalizar essa primeira etapa em janeiro de 2020.

Para o trabalho, a equipe vai ao local e faz a preparação do solo para o plantio de muda, com toda a estrutura necessária, desde a preparação dos berços, transporte e seleção das mudas do viveiro, até a utilização de insumos. Cada árvore terá uma distância de oito metros entre um e outro exemplar ou então de um poste do canteiro central. O plantio então é executado em seguida. Além disso, a Divisão de Áreas Urbanas também está fazendo a reposição de árvores que estejam mortas nos canteiros centrais.

Tags: