Clube Ecológico do Parque da Água Vermelha cria projeto de conscientização para crianças

Por: Elizabeth Alves (programa de estágio) – Supervisão: Neide Barbosa - e-mail: esalves@sorocaba.sp.gov.br

Aconteceu na terça-feira (12) no Parque da Água Vermelha, a reunião do Clube Ecológico do Refúgio nomeado “Clubinho do Refúgio” que dá início as comemorações ao Dia do Rio Sorocaba (22 de março). O evento foi promovido pela Secretaria do Meio Ambiente Parques e Jardins (Sema), a equipe educativa do Parque com parceria da Associação Nova Geração (AGN) do Bairro Refúgio e teve como tema “Como nasce o lago do Parque?”

O Parque da Água Vermelha possui uma área de aproximadamente 20 mil m² de área verde, ocupados por plantas, árvores frutíferas e três lagos que é o maior atrativo e embeleza o Parque. De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Parques e Jardins, Jessé Loures, o objetivo deste projeto é conscientizar, de forma lúdica e interativa, crianças que moram na rua Noel Bento de Almeida, por onde passa um córrego que nasce dentro do Parque.

Na próxima semana eles vão mediar uma exposição sobre a importância da conservação dos peixes que vivem nos corpos da água no entorno e repassar o conhecimento obtido aos demais moradores daquela região, além de promover atividades educativas e recreativas para tirar as crianças das ruas; evitando que tenham tempo ocioso por meio da integração com as crianças da Associação, com a equipe do parque e do meio em que vivem.

As crianças foram orientadas a buscarem respostas sobre o lago e relacionadas à biodiversidade do local, tal como: onde surgiu, como nasce, para onde vai, quem mora nele e como conservá-lo.

 

De início as crianças tiveram um bate papo onde foram passadas as perguntas a serem descobertas por elas, logo em seguida, receberam um mapa do Parque onde localizaram um possível local da nascente e fizeram uma trilha até o lugar.

 

Logo, foi acompanhado o percurso da água desde a nascente passando pela formação do lago até o córrego que passa pelas casas dessas crianças e deságua no Rio Sorocaba, onde foi observado a diversidade de vida que habita no local, tais como, peixes, aves, anfíbios, entre outros.

 

Na próxima terça-feira (19), a exposição “Os Peixes da Minha Cidade” estará na rua onde eles residem (rua Noel Bento de Almeida) conscientizando os moradores a preservar o córrego e os peixes que habitam ali.

 

Muito mais por Sorocaba!

 

Tags: