CRAS e TJ Ana Paula Eleutério completam um ano de existência

Por: Mariana Campos – macampos@sorocaba.sp.gov.br

Foto: Assis Cavalcante

Com direito a bolo, pão recheado e refrigerante, tudo preparado com muito carinho pela própria comunidade, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e o Território Jovem (TJ) Ana Paula Eleutério fizeram festa na tarde desta segunda-feira (dia 25) para comemorar um ano de existência dos serviços no bairro. As unidades foram inauguradas pelo prefeito Antonio Carlos Pannunzio no dia 17 de abril de 2015.

Organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), o evento teve como objetivo aproximar ainda mais os moradores do bairro dos serviços e promover a valorização dos espaços públicos. A confraternização contou com a presença da vice-prefeita Edith Maria Di Giorgi, secretária de Desenvolvimento Social, além de moradores e representantes da rede socioassistencial do bairro, como profissionais da Unidade Básica de Saúde (UBS), escolas e da Pastoral do Menor. “É um prazer estar aqui, hoje, com vocês. Quando assumi a Secretaria de Desenvolvimento Social uma das minhas prioridades foi trazer de volta o CRAS para o bairro e inaugurar o Território Jovem, que leva várias atividades legais às comunidades. Queremos que vocês sintam cada vez mais que este espaço é de vocês, que proponham atividades, participem e ajudem a cuidar destes espaços”, destacou a vice-prefeita.

Emocionada, a assistente social Rita de Cássia Farias da Silva, coordenadora do CRAS, destacou a importância da realização de um trabalho intersetorial em prol da comunidade. “O sucesso de um trabalho acontece quando a equipe é dedicada e ama o que faz. Aprendo muito com todos vocês, funcionários, moradores e com toda a rede intersetorial, que ‘arregaça as mangas’ porque acredita num bairro melhor. Este prédio é a casa da família, que vocês possam reconhecer aqui como o lar de vocês”, enfatizou.

A dona de casa Luzinete dos Santos Camargo, moradora do Ana Paula Eleutério, participou da festa de confraternização e acha que a comunidade tem muito o que comemorar com o serviço oferecido no CRAS. “Aqui, todos eles me ajudam bastante, não tenho o que reclamar, a equipe é muito boa”, afirmou a munícipe.

Ela tem três filhos e “se vira nos trinta” para cuidar de todos, já que é separada e a filha Gislaine dos Santos Torres Vilha Alta, de 23 anos, tem deficiência auditiva e é atendida numa entidade assistencial localizada no Centro da cidade. Além de receber R$ 147 por mês pelo Programa Bolsa Família, ela recebe vale-transporte, a Cesta Verde e ainda frequenta o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF). Para ajudar na renda da família, ela ainda faz faxina.

Quem também participou do evento foi Letícia Santos de Lima, de 11 anos, moradora do Ana Paula Eleutério. Ela frequenta, há dois meses, o TJ do bairro às segundas e sextas-feiras, onde faz aulas gratuitas de Zumba e Ginástica. “Eu adoro este lugar, é legal, divertido, relaxa e faz a gente pensar em coisa boa. Se não viesse para cá iria, com certeza, ficar em casa sem fazer nada”, comentou.

Ao seu lado, a adolescente Ingrid Henrique de Lima Melo, de 13 anos, concordou com a amiga. “Este lugar é diferente. No Território Jovem, a gente se diverte e é tudo de graça. Não é qualquer bairro da cidade que tem um espaço como este”, destacou.

E não eram apenas os moradores que estavam satisfeitos com o trabalho realizado pelas unidades. Funcionários e representantes da rede socioassistencial também estavam felizes com a união estabelecida entre as equipes. A psicóloga Angelita Medeiros, que atua no CRAS Ana Paula Eleutério desde a sua inauguração, era uma delas: “Aqui somos muito unidos e empenhados e este é o nosso diferencial. O trabalho fica muito mais fortalecido num território com esta união”, comentou.

Sobre o CRAS

Com uma equipe formada por dois assistentes sociais, um psicólogo e um coordenador, além de quatro técnicos de nível médio, entre agentes sociais e técnicos administrativos, o CRAS Ana Paula Eleutério atende atualmente em torno de 800 famílias por mês dos bairros Ana Paula Eleutério, Madre Paulina, Jardim Renascer, Altos do Itavuvu e Jardim Eucaliptos.

A unidade é um equipamento previsto na Política Nacional de Assistência Social, via Sistema Único de Assistência Social (Suas), e funciona como uma porta de entrada da população para todos os benefícios, sejam eles Federal, Estadual ou Municipal. No local, também são verificadas outras necessidades das famílias de alta vulnerabilidade social, tanto na área da saúde, educação ou habitação, por exemplo. Ali também é feito o encaminhamento para toda a rede socioassistencial formada pela própria estrutura pública e pelas entidades que têm convênio com a secretaria.

No CRAS é feito o acompanhamento familiar através do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) realizado por assistentes sociais, psicólogos, terapeutas ocupacionais e agentes sociais, além da gestão da rede socioassistencial do território. São promovidos também grupos de Convivência e Fortalecimento de Vínculos ofertados à população, de acordo com a faixa etária ou grupos intergeracionais.

No local também são ofertados programas e benefícios de Transferência de Renda, como Benefício de Prestação Continuada; Bolsa Família; Ação Jovem; Renda Cidadã; Benefício Lei de Gêmeos e benefícios em espécie, como cartão-alimentação, Cesta Verde e o vale-transporte. Além disso, são realizadas orientações sobre outras políticas públicas para viabilizar o acesso aos diferentes serviços, seja de saúde, educação, INSS, judiciário, entre outros.

A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Rua Horácio Blaseck, 246.

Sobre o TJ

Administrado pela Coordenadoria da Juventude da Secretaria de Desenvolvimento Social, o Território Jovem é um espaço aberto de acolhimento e convivência dos jovens, no qual eles podem desenvolver e buscar atendimentos em diversas áreas de interesse. Ali, os adolescentes têm acesso também a cursos de qualificação profissional, entre outras atividades que eles mesmos propõem e conjuntamente desenvolvem. Trata-se de um equipamento importante na cidade, pois está trazendo uma convivência saudável e fundamental a essa faixa etária.

A programação da unidade no mês de abril inclui aulas gratuitas de street dance, zumba, ginástica, capoeira, parkour, kung fu e desenho. Atualmente, cerca de 120 jovens frequentam o local durante a semana.

Para participar das atividades, os jovens entre 12 e 29 anos devem se inscrever na própria unidade e levar RG e CPF. O TJ está localizado na Avenida Itavuvu, 7.345, na Zona Norte de Sorocaba. O telefone é (15) 3226.5029.

Tags:, ,