Cruzeirão termina com elogios à organização e futsal de alto nível

Por: Marcelo Adifa - mlribeiro@sorocaba.sp.gov.br

 

Organização, futsal de altíssimo nível e solidariedade. Foi o que se viu nos jogos finais do Cruzeirão 2017. O torneio, em sua 58ª edição, foi encerrado ontem (12/05) com três partidas eletrizantes pelas categorias Veterano, Quarentão e Principal.

Na primeira partida da noite o Boca Madella venceu o Uppertools/Atlético Brasil/Terceiro Tempo FA por 4 a 2 e sagrou-se campeão da categoria Veterano. Na categoria Quarentão o título ficou com o Soromármore/ Boteco do Arnesto que bateu o Luciano Tintas/Pike Gás por 4 a 2. A equipe campeã contou com o reforço de Falcão, maior jogador de futsal do mundo. A partida não foi tão fácil quanto a torcida do Soromármore esperava e consagrou o goleiro Cristiano do Luciano Tintas como um dos mais marcantes jogadores dessa edição do Cruzeirão. O goleiro fez dez defesas incríveis e saiu sangrando de uma disputa de bola. Feito o curativo voltou a jogar sem se mostrar abalado pelo corte no supercílio, não conseguindo, porém, impedir a derrota do seu time.

Pela categoria principal o Independente/Percilglass, da capital, garantiu o terceiro 4 a 2 da noite diante do Manchester Paulista/CJA/Cachoeira.

Presente ao encerramento do Cruzeirão o Prefeito José Crespo elogiou a organização do evento, “Embora eu não jogue futsal, gosto muito do esporte e o que vi foi muita organização e eficiência da Secretaria de Esportes”, pontuou Crespo. Perguntado pela imprensa se permitiria que o Secretário de Esporte Simei Lamarca, maior vencedor da história do torneio, com 17 conquistas, atuasse no próximo ano, Crespo foi enfático, “de jeito algum, quero ele organizando, pra jogar não poderia ser secretário e o trabalho que ele vem fazendo é muito bom, o futsal vai ter que se acostumar sem ele, pois queremos que continue com a gente”.

Solidariedade fora das quadras

A torcida foi um espetáculo a parte nas partidas finais do Cruzeirão, tanto com sua vibração quanto com a solidariedade de quem levou um litro de leite para o ginásio municipal de esportes para trocar por um ingresso. Foram arrecadados 1.700 caixas de leite que serão doadas para entidades da cidade.