Curso de inglês do “CEU das Artes” tem lista de espera

Por: Claudia Volpe – cvolpe@sorocaba.sp.gov.br

Foto: Assis Cavalcante

A demanda foi muito maior do que a capacidade de absorção da primeira turma. A ideia é montar outro grupo para a iniciação no idioma, visando colaborar na formação, principalmente, dos jovens.

O curso gratuito de noções básicas de inglês que terá início no dia 18 de fevereiro, no Centro de Artes e Esportes Unificados – CEU das Artes, encerrou suas inscrições com 20 alunos cadastrados e uma lista de espera de mais 40 jovens interessados em aprender um outro idioma.

Vinculado às secretarias de Cultura (Secult), Esporte e Lazer (Semes) e Desenvolvimento Social (Sedes), e há dias de completar dois meses de funcionamento, o CEU das Artes já é considerado patrimônio do Parque das Laranjeiras, onde está instalado e atende à comunidade em ações de caráter de qualificação para o mercado de trabalho, atividades culturais, esportivas, lazer, inclusão digital e serviços socioassistenciais.

A dona de casa, Lourdes Lopes de Proença mora no bairro há 30 anos e estava procurando curso de inglês para sua filha de 15 anos. Assim que surgiu a oportunidade levou a adolescente para se inscrever. “Tenho que incentivar a minha filha a estudar, é importante para sua vida profissional, até hoje ela não tinha feito nenhum curso de inglês”, contou.

O aposentado Luiz Carlos Gomes Fiuza, de 55 anos, também pensou na filha, mas não para que ela se beneficiasse do curso de inglês. Ao contrário, ele quer ter nela sua parceria de conversa em uma língua estrangeira. Luiz Carlos foi quem se matriculou no curso e espera poder recuperar um tempo perdido. “Trabalhei por vinte anos em uma multinacional em Sorocaba, era um profissional competente, mas por não saber falar inglês me prejudicou. Hoje quero aprender a língua e conversar com a minha filha em casa”, garantiu.

Já prevendo a possibilidade de atrair mais interessados do que o número de vagas inicialmente abertas, o coordenador e professor do curso, André Mascarenhas, diz que há intenção em se abrir mais uma edição do módulo básico no próximo semestre. Além disso, e de acordo com o aproveitamento e o entusiasmo das turmas, “talvez seja possível lançar turmas para módulos que promovam os estudantes a um nível mais avançado”, teorizou.

Tags:, ,