Desafio Intermodal 2017 ocorrerá em Sorocaba na segunda-feira

Por: Mariana Campos – comunicacao@urbes.com.br

 

Na segunda-feira (27), às 17h, a Urbes – Trânsito e Transportes realizará o Desafio Intermodal, com o objetivo de propor mais uma vez uma reflexão à sociedade quanto à mobilidade urbana e saber qual será o modal mais eficiente para os deslocamentos em Sorocaba. A saída será de quatro pontos da cidade e a chegada será no Paço Municipal, no Alto da Boa Vista.

O evento não é uma competição. Serve como pesquisa para avaliar o desempenho de sete categorias: pedestre, pedestre idoso, ciclista, passageiro de transporte coletivo, motociclista, passageiro de táxi e condutor de automóvel. Os participantes sairão dos quatro pontos da cidade para medir qual deles consegue se deslocar com mais eficiência na cidade e chegar ao Paço Municipal.

Os locais de saída serão: Praça Coronel Fernando Prestes (Centro), Clube do Idoso (Pinheiros) e das duas sedes da Urbes (Campolim e Barcelona). Nos deslocamentos deverão ser respeitadas todas as regras de trânsito de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro – CTB.

A proposta do desafio, como ocorre em várias cidades do mundo, é despertar nas pessoas o interesse por outros meios de transporte que não sejam os motorizados individuais. Neste desafio é comparada a eficiência dos modais considerando tempo de deslocamento, custo financeiro, consumo energético e emissão de poluentes dos diferentes modos de transporte.

 

Como foi em 2016

Durante o Desafio Intermodal 2016, a bicicleta foi pela quarta vez consecutiva o modal mais eficiente em Sorocaba. Com o tempo de 9’28”, o ciclista frequente fez o percurso entre o Ginásio de Esportes Dr. Gualberto Moreira, na Zona Leste, e o Parque Carlos Alberto de Souza, no Campolim – Zona Sul de forma mais rápida, superando os outros modais participantes da atividade.

O segundo participante a chegar ao ponto de encontro do Desafio foi um motociclista que também saiu do Ginásio de Esportes e fez o percurso em 10’01”. Já o terceiro voluntário a chegar foi uma ciclista frequente, que em 11’30” cumpriu o trajeto partindo da Praça São José, na Zona Oeste, em direção ao Campolim.

O primeiro ciclista eventual a chegar partiu da Praça São José e fez o trajeto em 12’00”. O primeiro automóvel a cumprir o desafio fez o percurso em 12’43” entre o Largo do Divino (Zona Oeste) e o Parque do Campolim, chegando em 6º lugar no ranking da atividade.

O primeiro passageiro de táxi a chegar ao destino partiu da Praça São José e fez o percurso completo em 13’41”. Já o primeiro passageiro do transporte coletivo saiu da Praça Carlos de Campos e fez o trajeto em 18’30”.

O primeiro pedestre a chegar ao Parque do Campolim costumava caminhar com frequência e fez o percurso em 26’15”, partindo da Praça Carlos de Campos. Ele ocupou a 20ª colocação no ranking de chegada. O primeiro pedestre idoso a chegar fez o tempo de 33’47” com saída da Praça São José. Já o primeiro pedestre eventual fez o percurso do Ginásio Municipal ao Parque do Campolim em 36’20”.

 

Tags: