E.M. “Dr. Getúlio Vargas” mobiliza abraço solidário sobre Setembro Amarelo

Por: Bruno Rodrigues

A E.M. “Dr. Getúlio Vargas” realizou nesta última sexta-feira (28) um abraço solidário a fim de causar uma reflexão entre a comunidade escolar sobre o Setembro Amarelo, ação que faz a prevenção do suicídio. O evento contou com 820 alunos da escola municipal e mais 900 alunos da unidade vizinha, E.E. “Dr. Júlio Prestes de Albuquerque (Estadão) envolvendo equipe de gestão, professores, inspetores, funcionários da limpeza e da merenda.

Além do abraço solidário no entorno dos prédios das escolas vizinhas, que chamou atenção das pessoas que passavam no momento do ato, também foram feitas reuniões com os pais discutindo sobre o tema ao longo da semana e trabalhados conteúdos com vídeos e livros em rodas de conversa.

No sábado, dia 29, a unidade fez o encerramento do evento com palestra especializada do psiquiatra Dr. Jorge Henna, brincadeiras para as crianças e alguns momentos voltados à reflexão do tema.

A orientadora pedagógica, Andreia Aparecida Marçal Roza, explica que a ação tem objetivo de promover a reflexão da importância da tolerância, empatia e o exercício diário de solidariedade entre as crianças. “Nos dias atuais estamos vivendo uma época de enfrentamento da violência. As pessoas devem ouvir mais as outras, exercitar uma palavra amiga e mesmo quando não houver palavras, um abraço realmente é o que importa”, afirma.

Os diretores José Adão Neres de Jesus, da E.M. “Dr. Getúlio Vargas” e Arlete Fernandes Veloso Dias, da E.E. “Dr. Júlio Prestes de Albuquerque” salientaram a importância do evento. “O ato foi fundamental para trazer a ideia de valorização à vida entre os jovens e aproveitou para fortalecer a união das duas escolas numa causa tão delicada”, explica a diretora. Para o diretor Adão o resultado foi muito produtivo. “A campanha conseguiu chamar a atenção das crianças e produziu diálogos que despertou as mentes e os corações voltados ao acolhimento de quem está próximo”, conclui o diretor.

Tags: