Endereço: http://agencia.sorocaba.sp.gov.br/em-1a-viagem-onibus-do-prefeito-no-bairro-visita-eta-vitoria-regia/
Acessado em: 19/09/2018 - 01h19

Em 1ª viagem, ônibus do “Prefeito no Bairro” visita ETA Vitória Régia

Por: André J. Gomes, Leandro Nogueira

Logo após a entrega dos 14 novos ônibus articulados à cidade na tarde desta quarta-feira (11), o prefeito José Crespo deu início ao mais novo programa de sua gestão: o “Prefeito no Bairro”. A primeira viagem do ônibus do programa Prefeito no Bairro foi a uma infraestrutura icônica para toda a cidade: a estação que vai permitir à população beber água do rio Sorocaba daqui dois anos. Trata-se da Estação de Tratamento de Água (ETA) em construção no bairro Vitória Régia.

A bordo de um ônibus especialmente equipado pela Consor e a Stu, sem nenhum custo para os cofres públicos, com escritório, ar-condicionado e terminais para computador, o prefeito cumprirá uma agenda de visitas aos bairros da cidade, acompanhado de alguns secretários, para ouvir os moradores, anotar as suas demandas e encaminhá-las às áreas responsáveis.

“Uma das grandes características da nossa gestão é estar cada vez mais perto das pessoas, ouvi-las, entender as suas demandas e facilitar a sua resolução. Por isso este ônibus é uma conquista tão importante, porque nos aproxima ainda mais de cada cidadão e de suas necessidades”, explica o prefeito. O ônibus conta com dois motoristas treinados em condução e conservação de veículos.

População fica menos dependente das adutoras de São Francisco

Em mais dois anos, além de beber água tratada do rio Sorocaba, a população ficará menos dependente das adutoras da Serra de São Francisco. A construção da ETA Vitória Régia segue acelerada e está neste momento com 15% das obras concluídas. Ela fornecerá 750 litros por segundo de água tratada com excelente qualidade para o consumo dos sorocabanos. Com a ampliação já prevista, chegará a 1.500 litros por segundo. Esse volume corresponde a 60% de toda a água servida hoje para a população, tratada na ETA Cerrado e ETA Éden.

“Beber água do rio Sorocaba. Este é um equipamento que muito orgulhará qualquer sorocabano. E para nós, do Saae-Sorocaba, é uma honra a presença do prefeito e nossos colegas secretários municipais, todos aqui, para conhecer a grandeza desse trabalho”, enfatizou o diretor-geral do Saae-Sorocaba, Ronald Pereira da Silva. Com o investimento de quase R$ 78 milhões, a ETA Vitória Régia está sendo equipada com tecnologia de ponta em saneamento: tratamento a base de ozônio, que garante a melhor qualidade final para a água potável.

Mais números da imponente obra

A ETA Vitória Régia ocupa uma área de 166 mil metros quadrados. São quase 200 operários trabalhando na instalação de uma infraestrutura composta por 800 toneladas de aço, 8.000 metros cúbicos de concreto, e cujas obras exigem a movimentação de 88 mil metros de terra entre corte e aterro.
A água bruta coletada do rio Sorocaba percorrerá uma adutora em aço, com 900 milímetros de diâmetro e três quilômetros de extensão. Outra rede de 500 milímetros com 1,2 quilômetro de extensão ficará pronta para futuras ampliações. Essa rede percorrerá solo seguro, livre dos riscos existentes na Serra de São Francisco.

Toda a cidade será beneficiada com ETA Vitória Régia, já que o sistema de distribuição que ela alimentará será interligado à infraestrutura já existente, trabalhando de forma integrada e distribuindo o recurso também para as regiões da cidade que hoje são abastecidas com a água proveniente das represas do Clemente (Itupararanga) e Ipaneminha, tratadas pela ETA Cerrado e da represa do Ferraz, tratada na ETA Éden.

Todos os trabalhos estão sendo executados pela empresa Gel Engenharia. As obras iniciaram em outubro do ano passado, com a terraplanagem dos seus 166 mil metros quadrados de área, na avenida Antônio Saladino. A cerca de três quilômetros dali, na margem do rio Sorocaba, neste mesmo momento é feita a terraplanagem no ponto onde será instalada a estrutura para a retirada (captação) da água para ser tratada na ETA. Por meio de bombas ela será transportada pela adutora enterrada e em área segura, até a ETA Vitória Régia.