Encontro de Educação discute a Base Nacional Comum Curricular

Por: Natasha Amaral (programa de estágio)

Foto: Fernando Abreu

 A secretaria de Educação da Prefeitura de Sorocaba promoveu nesta quinta-feira (26), um encontro da União dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME) para discutir a Base Nacional Comum Curricular, no Centro de Referência em Educação. A Secretária da pasta, Marta Cassar, ministrou o evento.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica. E segue os princípios éticos, políticos e estéticos traçados pelas Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica, que tem o propósito de direcionar a educação brasileira para formação humana e construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva.

A Secretária Marta Cassar foi quem realizou a abertura e do evento, ela agradeceu a presença dos representantes das cidades da região e iniciou a discussão sobre as dez competências gerais que todo aluno deve desenvolver na educação básica, de acordo com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Cada item foi lido de maneira dinâmica pelos presentes que sugeriram palavras-chaves como maneira de marcar referência de cada um.

O vice representante da UNDIME, Celso Fernando, esteve presente também representando o Polo Sorocaba/Itapetininga, afirmou que esse encontro serve para fortalecer os laços dos dirigentes da educação com as políticas públicas, para gerar uma formação contínua do professor, com o objetivo principal em apresentar a BNCC. “Essa troca de conhecimentos e experiências gera um fortalecimento entre os profissionais”, declarou.

A convidada especial para o encontro, Silvia Donnini, diretora de formação e desenvolvimento dos professores do Ministério da Educação (MEC), afirmou que a reunião da UNDIME é fundamental para o processo de discussão do plano de discussão da BNCC. A mensagem que ela passou para os dirigentes, foi a de que apesar das conturbações que a educação brasileira está enfrentando, esse é o momento para organizar os currículos escolares. “Nós precisamos e podemos ter em nosso país uma educação igualitária, e só conseguiremos isso se seguirmos a Base Nacional Comum Curricular, esse encontro que Sorocaba promoveu, é de extrema importância para a construção de uma boa educação para então conseguirmos alfabetizar mais crianças”, finalizou.

 

 

Tags:,