Escola Municipal Getúlio Vargas promove campanha do Setembro Amarelo

Por: Bruna Bernardini (programa de estágio) Supervisão: André Canevalle

Foto: Fernando Abreu

Durante todo o mês de Setembro, várias instituições promoveram a campanha do Setembro Amarelo, contra a depressão e valorização da vida. Uma delas foi a escola Municipal Dr. Getúlio Vargas, localizada na Av. Dr. Eugênio Salerno, 298 – Vila Santa Terezinha, que por intermédio do professor e diretor José Adão de Jesus, desenvolveu o projeto “Educação em Defesa da Vida”, para discutir esse tema com os estudantes.

O diretor conta que o projeto surgiu a partir da necessidade de inclusão social de alguns alunos e das consequências das novas tendências e brincadeiras que induzem ao suicídio nessa nova geração. A direção da escola notou que a brincadeira “Baleia Azul” – um jogo virtual, com uma sequência de desafios que resultam em problemas psicológicos e consequentemente, o suicídio – estaria cada vez mais popular entre os alunos. A partir de uma união dos coordenadores e o grêmio estudantil, o Setembro Amarelo foi escolhido para reverter esse cenário.

De acordo com a aluna e presidente do grêmio estudantil, Julia Oliveira, o projeto teve aderência dos alunos por conta da forma dinâmica no qual foi aplicado. Julia afirma que por meio de cartazes e palestras, os alunos perceberam o apoio psicológico que a escola proporciona, dentro e fora de seus portões. “A taxa de suicídio aumentou muito esse ano, então quanto mais apoio o jovem receber tanto da escola quanto fora, talvez diminua essa taxa, essa é a nossa intenção aqui”, afirma a estudante.

Segundo a professora do quinto ano, Olga Maria, atividades e diálogos foram desenvolvidos ao longo do mês em sala de aula para alertar os estudantes sobre essa realidade e os problemas que esse tipo de atitude poderia trazer. “Os alunos estão na fase de descobrir o que é belo, da puberdade, onde eles se sentem feios, gerando uma ansiedade em conjunto […]. Portanto, a nossa avaliação foi voltada para explicar o que é belo, explicar as diferenças e o saber de que todos passam por essa situação”, completa a professora.

A escola continuará em campanha mesmo após o fim do mês, aderindo a outros projetos como o Outubro Rosa, de prevenção ao câncer de mama, o Novembro Azul, de prevenção ao câncer de próstata e Dezembro Vermelho, de incentivo a doação de sangue. As campanhas são de prevenção e cuidados com a saúde, para que desde cedo os jovens estudantes tenham essa consciência.

Na manhã desta sexta-feira (22), a escola encerrou o projeto com a aderência de quase todos os alunos em seu último dia de campanha. Estavam vestindo camisetas e fitas com a cor amarela para divulgar e celebrar o projeto – atividade que coincidiu com o primeiro dia da primavera, criando um lindo momento para todos os presentes.

 

Tags: