‘Expo Quinzinho’ cativa o público em escola municipal

Por: Bruno Rodrigues

A quarta edição da ‘Expo Quinzinho’, realizada na escola municipal “Quinzinho de Barros”, na Vila Hortência, na última quinta-feira (6) foi repleta de atrações e cativou os visitantes que prestigiaram o evento.

O pátio da unidade escolar recebeu diversas maquetes, decorações e atividades produzidas pelas crianças, tornando o ambiente um espetáculo de cores e um show de informações educacionais. Os temas apresentados nos trabalhos pedagógicos abordavam contos infantis, personagens folclóricos, animais, planetas, ambientes da natureza, visita ao zoológico, diversidade social e diversos projetos literários e artísticos.

Além do espaço expositivo, o evento contou com oficinas, exibições artísticas e musicais, bem como também foi apresentado um projeto que deu início as atividades de judô para os estudantes da unidade. O professor de Educação Física, Rafael de Morais Carvalho Dias, que leciona na escola e faz parte da Associação de Judô de Salto de Pirapora (AJSP), realizará o projeto social com os alunos em 2019. A Secretaria da Educação disponibilizou os quimonos, e a escola comprou os tatames através de recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), proporcionando assim a prática esportiva dos alunos. As crianças também tiveram contato com duas atletas medalhistas do Campeonato Paulista de Judô: a vencedora Júlia Vieira de Oliveira e a terceira colocada, Amanda Moura.

O gestor de desenvolvimento educacional, Luis Gustavo Maganhato, que faz parte do elo entre a associação judoca e a escola, explica os benefícios que esta parceria traz às crianças. “O ensino do judô propicia o desenvolvimento cognitivo, psicomotor e socioafetivo para as crianças, além de oferecer meios para um trabalho interdisciplinar que compõe o currículo escolar. Isso acontece por conta do processo histórico inserido por meio da cultura japonesa com os cumprimentos, saudações e movimentos corporais com os nomes da língua nativa desta modalidade esportiva”, disse o gestor.

A orientadora pedagógica, Priscila Borges Ribeiro Oliveira, explica como todo trabalho foi desenvolvido. “Construímos um projeto com intuito de mostrarmos à comunidade escolar o processo e a culminância de um trabalho pedagógico unificado e qualitativo. A cada ano, nasce um tema do chão da sala de aula, desenvolvido pelos docentes com as crianças. Este ano, abordamos a diversidade dos gêneros textuais com o tema ‘ Ler é viajar. Escrever é sonhar’ a fim de incentivar a leitura e a escrita, desde a Educação Infantil até o Ensino Fundamental”, disse. “A participação da comunidade é cada vez mais notória e reconhecida por todos. Vivenciar esse trabalho é contemplar um acervo pedagógico de extrema dedicação e comprometimento, incentivando as experiências literárias e artísticas. É promover vivências lúdicas e criativas, transbordando sentido e significado ao cotidiano escolar”, completa.

A diretora da escola, Denise Cavalcante Silva Souza, conta que o evento trouxe muitos benefícios às crianças. “A ‘Expo Quinzinho’ é um evento pedagógico que tem se consolidado cada vez mais na unidade. Muitas pessoas abraçaram o projeto desde sua primeira edição em 2014. E temos certeza que o objetivo de fomentar a arte e promover belas ações certamente foi alcançado”, explica a diretora.

Para a vice-diretora, Ana Cláudia Pereira Lopes, disse que o evento encerra o ano letivo de maneira muito satisfatória. “Este evento foi uma forma de encerramos um ciclo letivo, através do trabalho docente e discente de maneira muito abrangente, abrindo os portões para um dia pedagógico, alegre, colorido e encantador”, conclui.

Muito mais por Sorocaba!

Tags: