Exposição da Fundação Casa pode ser conferida no CRAS Cajuru

Por: Mariana Campos – macampos@sorocaba.sp.gov.br

Nesta terça-feira (dia 13), os moradores que procuraram alguns dos serviços oferecidos no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Cajuru, localizado na Zona Industrial de Sorocaba, puderam conferir uma exposição de quadros e esculturas produzidos por 16 adolescentes da Fundação Casa – Casa I, de Aparecidinha. Os trabalhos podem ser vistos na unidade até esta quarta-feira (dia 14), das 8h às 17h.

Promovida pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), o objetivo de trazer a exposição para o CRAS foi de divulgar o trabalho desenvolvido na Fundação Casa para toda a comunidade.

“Como já trabalhei na Fundação Casa e tenho o contato com pessoas de lá, vi que estava tendo esta exposição com trabalhos muito interessantes feitos pelos adolescentes, fui até lá para apresentar o serviço oferecido pelo CRAS e acabei trazendo esta exposição para cá”, explica a assistente social Fernanda Rodrigues da Cunha Machado, coordenadora do CRAS Cajuru.

De acordo com Fernanda, normalmente esses trabalhos feitos na unidade são vistos somente pelos funcionários e familiares dos adolescentes. “A nossa ideia também foi de levar os serviços oferecidos pelo CRAS para desenvolvermos um trabalho com as famílias dos adolescentes, para o fortalecimento de vínculos quando eles retornarem para as suas casas. Apenas um dos meninos que conversei tinha a família já assistida por uma das nossas unidades, o restante não”, afirma a coordenadora.

No CRAS Cajuru, a população pode conferir nove telas pintadas pelos adolescentes, num trabalho de releitura sobre a morte de Aylan, o menino sírio morto numa praia da Turquia e que virou notícia no mundo todo após ser fotografado pela emissora BBC. Além disso, os garotos da Fundação Casa também fizeram esculturas utilizando garrafas pet, para retrata mulheres africanas e indígenas.

A dona de casa Natasha Luana Silva Carvalho esteve na manhã desta terça-feira na unidade, onde faz o acompanhamento familiar por meio do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF), e aproveitou para conferir a exposição. “Achei este trabalhos lindos, até perguntei se estavam à venda. Esta história do menino da Síria foi muito triste, mexeu com todo mundo”, destacou a munícipe.

        O CRAS Cajuru está localizado na rua Jorge Elias, 42, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O telefone da unidade é: (15) 3233.2928.

Exposição em outros locais da cidade

Na quinta-feira (dia 15), das 10h às 15h, a equipe do CRAS levará a exposição para a Unidade Básica de Saúde (UBS) Cajuru, quando serão realizadas atividades de integração com a comunidade em comemoração ao Outubro Rosa, como corte de cabelo, maquiagem, coleta de Papanicolau, oficina de artesanato, entre outras ações.

No dia 23 de outubro, os trabalhos serão levados ao CRAS Habiteto, localizado na avenida Itavuvu, 7.345, na Zona Norte de Sorocaba. Já no dia 21, ao CRAS Jardim Ipiranga, que fica na rua Santo Micheletti, 30.

Tags:,