Futuros moradores dos Altos do Ipanema assinam contratos dos imóveis

Por: Viviane Gonçalves

Os futuros moradores do Residencial Altos do Ipanema participam nesta semana, até quarta-feira (06), da assinatura dos contratos dos apartamentos que em breve será deles. Cerca de 600 moradores por dia, durante os três dias, estão indo ao ginásio de esportes Gualberto Moreira, na Vila Hortência, das 08h às 17h, com agendamento prévio para tratar desta documentação.

Andrea Cordeiro Moraes é uma delas. Com o marido e a filha ela foi dar mais um passo para concretização de um sonho antigo, “eu estou muito feliz. Gostaria de dizer para todas as pessoas que não desistam, pois eu nunca desisti; demorou, mas chegou! Agora vou economizar R$ 500 que eu pago de aluguel e vou poder investir na minha filha e na minha casa. Tenho certeza que serei muito feliz lá”, declarou ela.

A felicidade dela era também de todos os servidores da secretaria de Habitação e Regularização Fundiária, “Eu como servidor público de carreira, hoje Secretário da Habitação, vivendo isso tudo é muito gratificante. Ver que você ajudou tantas pessoas realizarem o sonho da casa própria, é sem dúvida a melhor recompensa do trabalho realizado”, contou Fábio Camargo, secretário da pasta.

O secretário explicou ainda que no caso dos moradores que não puderem ir no dia agendado, a orientação é que a falta seja justificada. Caso o morador não vá e não justifique, será publicado uma resolução a pedido da Caixa Econômica, no Jornal do Município, excluindo o morador do programa e assim abrirá vaga para quem está na fila de espera.

O próximo passo dos futuros moradores é a assembleia, que está marcada para o dia 08 de dezembro, em uma escola municipal, a fim de discutir e decidir vários temas que envolvem a moradia em condomínio. A cerimônia oficial da entrega dos imóveis está prevista para a segunda quinzena de dezembro, com a presença do Presidente da República, Michel Temer e as entregas das chaves para o dia 02 de janeiro.

O Residencial Altos do Ipanema é formado por 11 condomínios, cada um contando de 7 a 15 blocos de apartamentos, e cada bloco reunindo de 170 a 208 apartamentos. Integrante da faixa 1 do programa Minha Casa Minha Vida, do Ministério das Cidades, o Residencial Altos do Ipanema é formado por apartamentos com custo de produção de R$ 96 mil e valor de mercado estimado em R$ 160 mil. Os inscritos que foram contemplados obedeceram alguns critérios previamente estabelecidos, entre os quais mulheres que são chefes de família; deficientes físicos e moradores de áreas de risco. As prestações mensais a serem pagas variam de R$ 70,00 a R$ 260,00, de acordo com a situação socioeconômica de cada contemplado.

Tags: