Jardim Botânico terá encontro de bonsai e música no domingo

Por: Mariana Campos – macampos@sorocaba.sp.gov.br

 

O Jardim Botânico “Irmãos Villas-Bôas” sediará neste domingo (10), das 9h às 14h, o encontro mensal do Grupo Bonsai Sorocaba no Palacete de Cristal. Além disso, os visitantes poderão conferir, às 15h, a apresentação musical do Projeto Sotaque2Som. A entrada é gratuita.

Promovido com apoio da Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema), o encontro tem por objetivo reunir adeptos do cultivo do bonsai e promover a troca de informações e experiências, discussões e trabalho com as plantas.

No encontro, os integrantes do grupo levam suas plantas e trabalham com os exemplares no local. Além disso, os iniciantes têm a oportunidade de receber dicas e orientações.

Bonsai é uma árvore ou arbusto de característica lenhosa que é cultivada em vasos, por meio de técnicas específicas e tamanhos reduzidos, expressando a beleza e o volume da planta em seu porte original, inclusive com flores e frutos. A diferença entre o Bonsai e as demais plantas de vaso é que, enquanto estas são em geral espécies cujas flores ou folhas nos motivam a apreciação da planta, no Bonsai o que conta é a miniaturização.

 

Apresentação musical

Já às 15h, os visitantes do Jardim Botânico poderão conferir apresentação musical do Projeto Sotaque2Som. O público poderá conferir um repertório com músicas de Tim Maia, Zé Ramalho, Legião Urbana, Engenheiros do Havaí e outras com arranjos feitos para viola caipira.

Projeto idealizado por Fábio Muniz, juntamente com seu amigo João Carlos, o objetivo desse projeto é trazer ao público outras vertentes de músicas já conhecidas, isto é, inserindo arranjos próprios utilizando a viola caipira. O sotaque, peculiar de várias regiões do país contrasta com a forma e o cotidiano das pessoas, sua identificação através da fala, conota ao ouvinte de onde essa pessoa é oriunda.

A viola caipira, difundida no meio sertanejo tem essa conotação, de identificar um ritmo, ou seja, música sertaneja. Entretanto, com o projeto, os músicos inserem o instrumento musical em outras vertentes, outros arranjos, enfim dão à viola caipira um outro sotaque, demostrando sua versatilidade em passear por outros ritmos da rica MPB.

Contudo, a intensão do projeto musical é realmente trazer uma reflexão, instigar no público que a viola caipira, pode sim trazer uma outra sonoridade em relação de arranjos já consagrados pelas canções.

O Jardim Botânico “Irmãos Villas-Bôas” está localizado na rua Miguel Montoro Lozano, 340, no Jardim Dois Corações, e funciona de terça a domingo, das 9h às 17h.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags: