Melhorias são aplicadas no entorno da Rodoviária

Por: Fabiana Sorrilha - comunicacao@urbes.com.br

A fim de aliviar a circulação dos ônibus do padrão rodoviário na Rua Capitão Alfredo Cardoso, conforme pedido feito pelos moradores e comerciantes, sem comprometer o itinerário das empresas de transporte padrão rodoviário, que atendem a Região Metropolitana de Sorocaba (RMS), a Urbes – Trânsito e Transportes fez alterações na circulação viária de 13 linhas que atendem a RMS.

Agora, os ônibus rodoviários (da EMTU) passam a utilizar as Ruas Bernardo Ferraz de Almeida e trechos da Rua Capitão Alfredo Cardoso e Rua Joubert Wey, como trajeto e onde fazem ponto final. Com a alteração, 127 ônibus deixam de circular diariamente no início da Rua Capitão Alfredo Cardoso.

A Urbes também avalia junto à Artesp (Agência Reguladora do Transporte do Estado de São Paulo) a possibilidade de implantar a mesma alteração de itinerário aos ônibus que realizam viagens interestaduais.

 

Paradas de ônibus

O espaço de parada dos ônibus das linhas da EMTU também foi ampliado, utilizando as Ruas Cônego Januário Barbosa e Joubert Wey para o embarque e desembarque de passageiros. As alterações feitas nos pontos metropolitanos permitem atender melhor os usuários e garantir mais acomodação aos ônibus, que atendem mais de meio milhão de pessoas por mês.

Foram instaladas mais placas com indicações para a rodoviária nas vias próximas, complementando a sinalização já existente e facilitando o acesso. A Urbes também alterou para mão dupla o trecho da Rua Bernardo Ferraz de Almeida entre as Ruas Júlio Hanser e Antônio de Andrade e autorizou a abertura lateral do estacionamento de um supermercado próximo, que passa a ter opção de acesso pela Rua Fagundes Varela, conforme solicitação de comerciantes e moradores da região.

 

Alterações benéficas

Feitas em agosto deste ano, as alterações feitas no entorno da Rodoviária trouxeram melhorias para a circulação de veículos e pedestres, com a alteração de mão de direção de algumas vias. O número de vagas para embarque e desembarque para veículos comuns foram triplicadas e realocadas para melhor fluidez do tráfego, bem como houve aumento em vinte vagas de Zona Azul no entorno. Houve ainda a retirada dos ônibus de pacientes das adjacências da rodoviária, levando-os a parar na frente do Hospital Regional, contribuindo com a circulação de veículos e pedestres.