Museu da Estrada de Ferro Sorocabana completa 22 anos

Por: Joyce Souza da Conceição (Programa de Estágio) Supervisão: Janaína Oliveira

Esta sexta-feira,  29 de novembro, marca mais um aniversário do Museu da Estrada de Ferro Sorocabana (MEFS), que completa seu 22º aniversário. Como um dos principais pontos históricos de Sorocaba, o espaço público conta com um acervo constituído por pinturas, fotografias, mapas e objetos que relembram a história da Estrada de Ferro Sorocabana, um dos fatores mais importantes para a economia da cidade nos séculos XIX e XX.

Administrado pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), o MEFS guarda máquinas de escrever, de calcular, aparelhos telefônicos, PABX, teodolitos e diversos outros objetos históricos. Além disso, no acervo é possível encontrar pinturas e objetos pessoais de Luiz Matheus Maylasky, visconde de Sapucaí e diretor da Estrada de Ferro Sorocabana, e imagens e documentos que contam a história do início das ferrovias e locais por onde elas passaram.

A museóloga da Secretaria da Cultura, Daniella Moreira, comenta o valor histórico que o espaço público carrega. “O Museu da Estrada de Ferro foi inaugurado em 1997, pouco antes da privatização da Fepasa, e é um espaço que guarda a memória desse período, tanto da criação da Sorocabana quanto depois que virou Fepasa. Trata-se de uma parte importante da história da cidade e da região, que é o ciclo ferroviário”, explica.

O Museu foi inaugurado em 29 de Novembro de 1997 em uma casa que pertencia aos engenheiros da Sorocabana e foi cedida à Prefeitura que, posteriormente, restaurou o espaço.

O MEFS está localizado no Jardim Maylasky, na Rua Álvaro Soares, 533, no Centro, e funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 16h30, e aos sábados, domingos e feriados, das 12h às 16h. A entrada é gratuita.

 

 

 

Tags: