Nota: Invasão do Samu

Por: Evenize Batista - ecbsilva@sorocaba.sp.gov.br

Por volta de 1h30 desta quarta-feira (08), equipe que estava trabalhando na central de regulação do Samu-192 de Sorocaba foi surpreendida com a invasão da unidade por dois vereadores acompanhados por vários assessores. No total, mais de dez pessoas entraram no local, pulando a janela da sala de regulação e pela porta dos fundos, conforme comprovam as imagens das câmeras de segurança.

O fato surpreendeu e assustou quem estava na unidade, entre profissionais do Samu e da equipe do Resgate do Corpo de Bombeiros, todos em plantão para regulação dos atendimentos de urgência e emergência via central telefônica. Segundo relataram os presentes, a situação causou desconforto e tumulto, sendo que os vereadores e demais acompanhantes chegaram a gritar em vários momentos e agiram com truculência. Essas pessoas cobraram a presença de médicos, questionaram as rotinas de funcionamento da unidade e até o salário dos funcionários que encontravam-se trabalhando no momento.

Os coordenadores do Samu-192 foram acionados e, quando chegaram ao local, por volta das 2h, encontraram toda equipe escalada para o trabalho presente na central. Em conversa com os vereadores foram alertados de que no momento da abordagem havia uma médica na central e dois médicos estavam ausentes, tendo retornado à central depois da chegada dos vereadores.

A Secretaria da Saúde de Sorocaba informa que já solicitou a abertura de procedimento administrativo disciplinar para apurar se houve alguma irregularidade na conduta dos médicos.

A Corregedoria Geral do Município informa que, tão logo tomou conhecimento sobre as denúncias de ausência dos médicos na unidade do Samu, foi determinada a instauração de um procedimento formal para averiguação dos fatos. O Processo administrativo nº 6.678/2017 já está em andamento para apurar possíveis irregularidades por parte dos servidores públicos envolvidos.

Tags:,