Orientadores pedagógicos recebem formação em projetos de Língua Portuguesa e Matemática

Por: Thuanne Souza (Programa de Estágio)

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), e a Diretoria de Ensino da Rede Estadual de Sorocaba deram início nesta sexta-feira (23) à formação dos projetos “Ler e Escrever” e “Educação Matemática para os Anos Iniciais” (Emai) aos orientadores pedagógicos da Rede Municipal de Ensino. O encontro ocorreu no Centro de Referência em Educação (CRE).

Os projetos constituem em materiais didáticos, organizados em blocos de atividades, que podem auxiliar o professor na elaboração das modalidades organizativas e proporcionar vivências de aprendizagem nas atividades de Língua Portuguesa e Matemática, visando contribuir para o aprimoramento do processo de alfabetização de crianças do 1º ao 5º ano.

A formação é voltada para o aprofundamento desses materiais, para que os orientadores conheçam suas potencialidades. “O material é constituído pelo caderno do aluno e o guia de planejamento do professor”, explica o gestor de Desenvolvimento Educacional da Sedu, Gilmar Piccin.

Realizados pelos gestores de Desenvolvimento Educacional, em parceria com a equipe responsável pelo primeiro ciclo do Ensino Fundamental da Diretoria de Ensino, os encontros ocorrerão a cada quinze dias no CRE, na qual os orientadores pedagógicos de cada escola, após participarem da formação, serão mediadores em suas instituições nos momentos formativos.

Com o foco na Língua Portuguesa, “Ler e Escrever” já existe há alguns anos na Rede Municipal. Neste ano, o projeto será impulsionado pelo processo de formação dos orientadores pedagógicos, pois agora, além do material didático, há a preparação para a exploração do mesmo. Já o Emai é uma novidade para o ano letivo de 2018, que vem para fortalecer o ensino da Matemática.

Gilmar Piccin comenta que o projeto almeja contribuir para o aprimoramento do processo de alfabetização das crianças, para que todos aprendam a ler e escrever, e se alfabetizem matematicamente na idade estabelecida na Meta 5 dos planos Municipal e Nacional da Educação. “Esses projetos são uma das ações da Mobilização pela Alfabetização da Rede Municipal na Idade Certa”, afirma.

A supervisora de Ensino da Diretoria de Ensino da Rede Estadual de Sorocaba, Shirley Jamelli, que responde desde 2009 pelos anos iniciais do Ensino Fundamental em programas de alfabetização, fala da parceria com a Prefeitura de Sorocaba. “Este ano resolvemos estreitar os nossos laços e trabalharmos juntos por nossas crianças, porque elas não são municipais e nem estaduais, são os alunos da nossa cidade. Temos em mente que o estudante que hoje está na rede municipal, amanhã estará na rede estadual e vice-versa, então todos nós temos a ganhar com isso”, finaliza.

 

 

Tags: