População pode contribuir em projeto com memórias da EFS

Por: Mariana Campos – macampos@sorocaba.sp.gov.br

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cultura e Turismo (Secultur), convida ex-ferroviários da Estrada de Ferro Sorocabana (EFS), familiares e usuários a participarem do projeto “Trilhando Memórias – Histórias, Espaços e a Expansão da Estrada de Ferro Sorocabana”, da proponente Larissa Rizzatti Gomes. O objetivo desta etapa é coletar as memórias que estas pessoas possuem da EFS.

Viabilizado pelo Edital ProAC (Programa de Ação Cultural) 18/2017 de Difusão de Acervos Museológicos, o objetivo do projeto será de construir uma exposição temporária em comemoração aos 20 anos do Museu da Estrada de Ferro Sorocabana, celebrado no dia 29 de novembro do ano passado, por uma outra perspectiva: pelo olhar dos passageiros, trabalhadores e admiradores da Estrada de Ferro Sorocabana, valorizando dessa forma suas experiências e memórias afetivas em torno da ferrovia.

De acordo com a Secultur, a previsão é que a exposição seja montada no segundo semestre deste ano e, futuramente, seja disponibilizada para outros museus do Estado de São Paulo e se torne itinerante. Através de vídeos, a mostra não terá um recorte cronológico, mas os relatos serão organizados por temas, como por exemplo, os passageiros da Estrada de Ferro Sorocabana, os trabalhadores braçais, as mulheres, entre outros.

Para isso, após a inscrição, os participantes serão chamados para uma entrevista e, na sequência, para a coleta de depoimento, que será feito pela equipe da Secultur, com orientação da proponente Larissa Rizzatti Gomes e do coordenador do projeto, Rafael Barbi.

As pessoas que queiram participar do projeto “Trilhando Memórias – Histórias, Espaços e a Expansão da Estrada de Ferro Sorocabana” podem se inscrever de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, no MEFS, localizado na avenida Álvaro Soares, 553, no Centro. Mais informações pelo telefone (15) 3231.1026.

 

 

Tags: