Prefeito José Crespo participa da solenidade de entrega do 2º Prêmio Sorocaba de Inovação

Por: Marcelo Andrade

Foto: Adler M. de Barros

Durante a cerimônia foi anunciado o tema da 3ª edição, que tratará da ‘Tecnologia Assistiva’, com objetivo de contribuir para proporcionar ou ampliar habilidades funcionais de pessoas com deficiência

Um clima de muita festa, emoção e comemoração marcou a entrega do 2º Prêmio Sorocaba de Inovação, realizado na noite desta quarta-feira (5), no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS). O evento, promovido pela Prefeitura de Sorocaba, por meio do PTS, contou com a presença do prefeito José Crespo, além de secretários municipais, dirigentes do Parque, representantes de empresas, faculdades e universidades, além de estudantes, que lotaram o auditório. A cerimônia de entrega ainda contou com palestras promovidas pelo jornalista e escritor Caco Barcellos e de Fernando Kimura, que atuou no setor de marketing de pequenas e medias empresas, bem como em parceria com a Microsoft e Oracle América Latina.

Esta edição do Prêmio teve por objetivo, entre outros, identificar demandas e criar oportunidades para a criação e implementação de soluções inovadoras que contribuam para a otimização da atuação do poder público em Sorocaba. Além disso, visa promover e estimular o desenvolvimento socioeconômico através da inovação.

Esta segunda edição foi reestruturada sob o tema “cidade inovadora”, de modo a promover o engajamento da sociedade civil e a atuação conjunta dos setores público e privado. Foram premiadas ideias inovadoras que contribuam para o desenvolvimento e a consolidação do município de Sorocaba como uma cidade inovadora e comprometida com o bem-estar social. Diante disso, o prêmio foi dividido em cinco temas: Educação, Saúde, Esportes, Segurança e, a novidade neste ano, o tema Cidades Inteligentes – que desafiou os participantes a desenvolverem propostas inovadoras que unifiquem o trabalho das secretarias municipais.

Entre os 113 inscritos – quase três vezes mais que a primeira edição -, 49 estavam dentro das exigências e foram qualificados para participar da premiação – destes, somaram-se 20 propostas para a Educação, oito para Cidades Inteligentes, seis para Esportes, cinco para Saúde e mais cinco projetos que inserem a inovação nos processos da Segurança.

Após a seleção dos inscritos, os projetos passaram para a fase de avaliação de ideias pela Comissão Julgadora, envolvendo avaliações remotas e presenciais, bem como processo de mentoria dos finalistas.

Na área do Esporte, a equipe vencedora desenvolveu um projeto de inovação voltado à gestão do Museu do Esporte, localizado no Palacete Scarpa, na região central da cidade, e como atrair mais visitantes. Na Educação, os vencedores desenvolveram histórias em quadrinhos e e-books, por meio de oficinas interativas para a 2ª fase do Ensino Fundamental. Na Saúde, sistema denominado “Informa Bus”, enquanto que na área de Segurança o projeto vencedor foi desenvolvido por um grupo de jovens estudantes, que consiste num sistema de bipper de alerta à vizinhança solidária conectada. Por fim, o vencedor do tema Cidades Inteligentes – que desafiou os participantes a desenvolverem propostas inovadoras que unifiquem o trabalho das secretarias municipais – ficou com um grupo formado por nove jovens estudantes do campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UfsCar). “Estamos muito felizes por sermos vencedores e, sobretudo, em desenvolvermos projeto que possam ajudar a administração a, cada vez mais, melhorar o atendimento à população”, disse a universitária Ana Carolina Magalhães Lopes. “Iniciativas como esta, da Prefeitura de Sorocaba e do Parque Tecnológico, são fundamentais para incentivar jovens e empresas a trabalharem em prol da inovação e tecnologia”, disse Mariana Hungria, uma das vencedoras do Prêmio.

Sorocaba: ‘Cidade Inteligente’

O prefeito José Crespo, que acompanhou todas as etapas da segunda edição do Prêmio Sorocaba de Inovação, fez questão de participar da solenidade de premiação. Elogiou a qualidade dos trabalhos apresentados e destacou que cada vez mais Sorocaba tem se destacado no conceito de ‘Cidade Inteligente’. “Esse é um dos eventos que mais me emocionou nos últimos meses. Nós temos muitas universidades que oferecem qualidade no ensino e um publico estudantil, consequentemente, de primeira categoria. Tenho certeza de que todos os envolvidos nesses projetos, sejam os organizadores, participantes, professores, patrocinadores, a sociedade, estão contribuindo para uma cidade inteligente, harmoniosa. Nós estamos no caminho certo”, disse o prefeito, que completou: “A chamada ‘Cidade Inteligente’, não é aquela que apenas aproveita as tecnologias. Para serem inteligentes é preciso o que nós vimos aqui: é a cooperação de todas as pessoas que trabalharam em conjunto para chegar no mesmo objetivo.”

O presidente do Parque Tecnológico de Sorocaba, Roberto Freitas, também destacou a importância do evento. “O Prêmio de Inovação é uma importante ferramenta de fomento à cultura da inovação. Este ano, o prêmio trouxe a proposta de engajar a sociedade para a resolução dos problemas do poder público”, afirma Freitas, que, na ocasião, anunciou, a pedido do prefeito José Crespo, o tema da próxima edição, que será “Tecnologia Assistiva”, que é um termo ainda novo, utilizado para identificar todo o arsenal de recursos e serviços que contribuem para proporcionar ou ampliar habilidades funcionais de pessoas com deficiência.

Reflexão

Elaine dos Santos, presidente da Organização MMA – Movimento Mulheres em Ação, parceira da Prefeitura, em especial da Secretaria de Comunicação e Eventos (Secom), colaborou para a escolha do tema para 3ª edição do Prêmio Sorocaba de Inovação 2019. “Esse prêmio é a oportunidade de fazer a sociedade pensar, refletir como ela pode colaborar coma as pessoas com deficiência através das tecnologias assistivas. Fazer o bem, sem olhar a quem. Os universitários e a sociedade em geral terão a possibilidade de fazer a diferença em nossas vidas”, destacou.

Muito mais por Sorocaba!

Tags:, ,