Prefeitura de Sorocaba assina convênio da nova gestão da UPH Zona Leste

Por: Marcelo de Almeida Júnior - marcalmeida@sorocaba.sp.gov.br

Foto: Fernando Abreu

A partir desta quarta-feira (15) a unidade passa a ser gerida pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia

O prefeito de Sorocaba, José Crespo, assinou na tarde desta quarta-feira (15) o convênio da nova gestão da Unidade Pré-Hospitalar (UPH) Leste. A unidade passa a ser gerida pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia nos próximos 24 meses.

O novo formato da administração trará uma economia superior a três milhões por ano, devido ao BOS (Banco de Olhos de Sorocaba) ceder em comodato (empréstimo gratuito) seu prédio e equipamentos por 24 meses para a Santa Casa. Outra novidade é o serviço de ultrassom para otimizar casos que necessitem de internação hospitalar e comida para pacientes que estejam em observação estendida.

Durante a cerimônia realizada no prédio da unidade, José Crespo homenageou o presidente do BOS, Pascoal Martinez Munhoz, e o gestor e presidente do Conselho de Administração da Irmandade, padre Flávio Miguel Júnior. “São duas pessoas que merecem o nosso reconhecimento e que fizeram e fazem muito pela saúde pública de nossa Sorocaba”, ressalta. Após o discurso, Crespo pediu para que o padre Flávio entregasse um presente da prefeitura ao Pascoal, um brasão da cidade.

A secretária da Saúde, Kely Schettini, destacou a importância de manter a UPH Leste aberta para atender a população. “Foi uma determinação do prefeito José Crespo e com muito empenho da Secretaria da Saúde, conseguimos alcançar esse feito”, destaca.

Já o secretário do Gabinete Central, Éric Vieira, reconheceu e destacou a gestão realizada desde 2013 pelo BOS (Banco de Olhos de Sorocaba) com excelência e sempre prestando uma assistência elogiada pela população. “Apesar da não continuidade em gerenciar a unidade por conta da lei, o BOS cedeu em comodato seu prédio e equipamentos. Outra atitude do BOS com a Prefeitura de Sorocaba foi abrir mão de um crédito de aproximadamente 6 milhões em juros e correção monetária, e ainda aceitar parcelar a dívida que a antiga administração do Poder Executivo deixou”, conta o secretário.

A solenidade também contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, Fernando Dini, dos vereadores Renan Santos, Wanderley Diogo e Fausto Peres. Além dos secretários municipais e demais autoridades ligadas ao BOS e a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia.

Muito mais por Sorocaba!

Tags: