Prefeitura manterá prazo para entrega do Altos do Ipanema

Por: Marcelo Adifa - mlribeiro@sorocaba.sp.gov.br

A Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária da Prefeitura de Sorocaba irá manter a agenda de entrega das unidades do conjunto habitacional Altos de Ipanema, na zona norte da cidade. Os apartamentos serão disponibilizados aos seus moradores até o final de dezembro deste ano. Na sexta-feira (27) a edição on line do Jornal do Município trará a lista hierarquizada dos selecionados para a ocupação e definição dos apartamentos. São 2.160 unidades divididas em 11 condomínios, sendo que 71 são adaptados para moradores com tipos diversos de deficiência. Nessa primeira lista serão divulgados os contemplados para 1975 vagas, estando as demais passando por processo de preenchimento e devem ser anunciadas posteriormente.

Segundo a Secretaria de Habitação, a adaptação plena de uma quantidade de imóveis foi uma exigência do Prefeito José Crespo, preocupado em atender e gerar bem estar para essa parcela da população. Uma das pessoas beneficiadas com um apartamento, Elaine Cristina Santos, que tem baixa visão e é ativista e proponente de várias ações para a valorização e implementação de soluções para os deficientes esteve ontem na Prefeitura de Sorocaba para sugerir melhorias no entorno do Altos do Ipanema e do Residencial Carandá para o melhor acolhimento dos deficientes residentes nos dois conjuntos que praticamente se interligam.

Nos próximos dias serão definidas as datas para as vistorias técnicas pelos engenheiros responsáveis pela liberação dos imóveis e as formas de como a escolha dos apartamentos deve se dar.

Existe a possibilidade do Ministro das Cidades e do presidente da República virem para a entrega oficial do conjunto. As ações habitacionais de Sorocaba estão sendo apontadas como referências para todo o Brasil.

Quanto à possibilidade de ocupação irregular de algum apartamento no Altos de Ipanema, por meio de invasão, a Caixa Econômica Federal se antecipou e conseguiu um instrumento de interdito probatório para promover a imediata reintegração de posse em caso de eventual ocupação irregular das unidades.

Tags: