Prefeitura reabre licitação para implantar o Parque “Ives Ota”

Por: Pedro Guerra – pguerra@sorocaba.sp.gov.br

Foto: Assis Cavalcante

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Administração (Sead) e a pedido da Secretaria de Esporte e Lazer (Semes), reabriu a licitação para implantação do Parque Municipal “Ives Ota”. A intenção é que esse espaço público seja montado em área na Rua Ibiúna, s/n, entre os Jardins Leocádia, Morumbi I, II, III e IV e Iguatemi.

A primeira data proposta para entrega dos envelopes de Habilitação (Técnica) e de Proposta (Preço) estava marcada para o dia 3 de junho. Não houve interessados e agora a nova data é 4 de julho. Não houve alterações nos anexos da licitação.

A entrega das propostas deve ser feita até as 8h45 dessa data, na Sead, e a abertura dos envelopes de Habilitação ocorrerá no mesmo dia, às 9h. O valor da licitação, do tipo menor preço, é de R$ 195.334,81.

De acordo com o Termo de Referência do edital, o parque contará com academia ao ar livre em área de 100 m², pista de skate com 195,17 m² e de caminhada, em concreto, com 216,60 m². A Semes ainda prevê dotar o espaço de infraestrutura para o esporte educacional, a fim de atender, sobretudo, munícipes daquela região da cidade. Está previsto ainda o plantio de grama esmeralda no entorno das benfeitorias.

Os recursos para execução do empreendimento são de emenda da deputada federal Keiko Ota, mãe de Ives. Os pagamentos dependem de prévia autorização da Caixa Econômica Federal (CEF).

Em 30 de agosto de 1997, Ives Ota, então com 8 anos de idade, foi covardemente assassinado com dois tiros pelos seus três sequestradores, dentre os quais dois ex-seguranças de seu pai, o comerciante Massataka Ota. O sequestro aconteceu na Zona Leste de São Paulo, no dia anterior à morte, e os acusados foram depois condenados. O caso ganhou repercussão nacional e o casal criou um instituto que leva o nome do filho. A ONG realiza palestras e oferece orientação às às crianças, jovens e famílias vítimas da violência.

Tags:, ,