Endereço: http://agencia.sorocaba.sp.gov.br/premios-de-artes-visuais-e-de-literatura-anunciam-vencedores/
Acessado em: 01/06/2020 - 02h56

Prêmios de Artes Visuais e de Literatura anunciam vencedores

Por: Joyce Conceição de Souza (Programa de Estágio) Supervisão: Janaína Oliveira

 

A Pinacoteca Municipal de Sorocaba sediou, na tarde desta quinta-feira (7), a a cerimônia de entrega dos Prêmios “Prof. Flávio Gagliardi” de Artes Visuais 2019 e do Prêmio Sorocaba de Literatura 2019, onde foram anunciados os primeiros colocados de cada premiação e que receberão um valor de R$ 5 mil, entregues simbolicamente em um cheque, já que os prêmios serão depositados aos ganhadores em breve.
Realizados pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), os prêmios têm o objetivo de difundir os trabalhos de artistas e escritores da região, fomentando e promovendo o intercâmbio entre os profissionais visando à reflexão e ao aprendizado.
Para um dos ganhadores do Prêmio de Literatura, Fábio Duran dos Santos, escritor do livro “Reféns: quando o Preconceito Vence a Medicina”, vencer o prêmio na categoria de Não-Ficção foi uma grande conquista. “A felicidade é gigantesca porque é um reconhecimento. Foi um livro que deu muito trabalho para fazer”, contou dizendo que ainda tem planos para o futuro, já que ganhou a premiação. “Agora é tentar transmitir a importância da literatura e do jornalismo investigativo, para transformação social”, comentou.
Para a artista plástica Eliete de Souza Della Violla, vencedora do Prêmio de Artes Visuais com a obra “Carbono”, a conquista foi coletiva. “Eu acho que é o reconhecimento não só do meu trabalho, mas de todos os que foram premiados. Nós sempre estamos envolvidos em pesquisas, em trabalhos e nem sempre temos um momento de ter uma premiação, de ter um olhar para uma parte deste trabalho e receber um reconhecimento”, acrescentou.

Os demais artistas ganhadores do Prêmio “Prof. Flávio Gagliardi” de Artes Visuais foram Daniel Bruson Moretti, com a obra “Mulher Caminhando à Noite”; Maurício Felippe, com a obra “A Chama Vazia”; Silvana Sarti Silva, com “Sangue do Meu Sangue” e Thiago Alexandre Goya, com “Réplica em Abismos”. Já os ganhadores do Prêmio Sorocaba Anual de Literatura foram Carlos Carvalho Cavalheiro, com o romance “Entre o Sereno e as Teares”; Luciano Rodrigues Leite, com o livro de ficção “Contos de Uma Cidade Morta” e Celso Ribeiro com a obra de não-ficção “Sorocoisas – Manual de Sorocaba Para Principiantes”.