Projeto para melhoria viária receberá US$ 70 milhões da CAF

Por: Viviane Gonçalves

Programa ambiental foi aprovado por unanimidade no Senado

 

Foi aprovado por unanimidade no Senado em Brasília, nesta quarta-feira (23), o projeto da Prefeitura de Sorocaba que contempla a otimização viária da cidade. A expectativa já era deste resultado após o programa ser aprovado por uma comissão da CAF – Corporação Andina de Fomento, que é um Banco de Desenvolvimento da América Latina. O prefeito José Crespo e os secretários de Planejamento e Projetos, Luiz Alberto Fioravante, e de Saneamento, Alceu Segamarchi, participaram desta conquista presentes no plenário, durante toda a votação.  O deputado federal por Sorocaba, Jeferson Campos, trabalhou efetivamente para liberação dos recursos.

A prefeitura receberá um recurso financeiro de US$ 70 milhões, que serão investidos no Programa Ambiental e de Otimização Viária da cidade, o qual visa aperfeiçoar a infraestrutura do município, em consonância com princípios de sustentabilidade, promovendo adequação do sistema viário às necessidades de mobilidade impostas pelo processo de desenvolvimento econômico vivenciado nos últimos anos em Sorocaba; articulando a oferta de infraestrutura de mobilidade com a necessidade de criação de espaços de convívio social e preservação ambiental; e reassentamento de famílias atualmente em situação de moradia precária nas áreas de proteção permanente.

O presente programa visa ainda a intervenção de obras que serão financiadas pela CAF. As ações praticadas são integradas para aumentar a vida útil de toda a estrutura do pavimento possibilitando a mobilidade, acessibilidade, o acesso e circulação da população com segurança e conforto. Vale salientar que este componente agrega valores, tais como: social, ambiental e de saúde, fortalecendo o desenvolvimento e dotando toda a população envolvida em uma melhor qualidade de vida. Também é importante destacar a política do plantio de arvores e o manejo da sustentabilidade das áreas verdes em torno das intervenções.

Tags:, ,