Pronto-Socorro de Traumas e Fraturas atende 605 pacientes em dez dias

Por: André Reis - areis@sorocaba.sp.gov.br

Foto: Assis Cavalcante

 

Assistência disponível na Santa Casa conta com dois médicos

24 horas. Desde o dia 1º de maio, o setor realizou 28 internações

 

O novo Pronto-Socorro de Traumas e Fraturas da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba completa, nesta terça-feira (10), dez dias de funcionamento. A unidade, que atende pacientes com fraturas de naturezas leve e moderada, recebeu nesse período 605 pacientes e fez 28 internações.

A unidade iniciou o atendimento no último dia 1º de maio. O novo espaço para receber pacientes encaminhados por outras unidades de emergência e urgência foi adaptado pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES).

O gestor geral da Santa Casa de Misericórdia, José Luiz Pimentel, disse que a média de atendimento na unidade é de 67 pacientes por dia, com maior demanda entre as 7h e 10h. “Nesses primeiros dias estamos atendendo dentro do previsto: cerca de cinco pessoas por hora”, explica.

A faxineira Luciana de Araújo, 35 anos, recebeu o atendimento na unidade pela primeira vez na unidade, na tarde desta terça-feira, e gostou da recepção. “Cheguei com a guia e logo fui atendida e já encaminhada para colocar uma tala de gesso para imobilizar a mão”, comentou.

Encaminhamentos

Com a abertura do Pronto-Socorro de Traumas e Fraturas da Santa Casa, o setor de ortopedia na Unidade Pré-Hospitalar (UPH)  Zona Leste deixou de operar. Nesta, assim como nas demais unidades de emergência, o atendimento continuam, mas somente de casos clínicos crônicos, como torcicolos, dores nas costas ou pernas.

O gestor da Santa Casa informa ainda que do total de pacientes atendidos, 194 são casos de retorno da UPH Zona Leste.

Pimentel reitera que a unidade só atende o paciente referenciado por uma das unidades de Pronto-Atendimento ou UPHs. “Esses pacientes ao sofrerem algum trauma, procuram por uma das unidades de atendimento, recebem o atendimento clínico e são encaminhadas ao novo serviço da Santa Casa”, ressalta. Se o paciente estiver em condições, pode seguir por meios próprios à unidade.

Se for caso cirúrgico é encaminhado para o hospital de acordo com o tipo de fratura, por meio da Regulação Municipal de Vagas. O atendimento no novo pronto-socorro só opera no sistema “porta aberta” para recebimento de demandas atendidas pela Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) 192.

O novo pronto-socorro conta com três consultórios, sala de gesso, posto de enfermagem, recepção, sala de curativo e cinco macas de repouso. Ao todo são 20 profissionais da área que se revezam nos plantões.

Os casos emergenciais de alta complexidade em ortopedia continuam sob responsabilidade do Estado, via Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), inclusive aqueles atendidos pelo Samu.

 

Tags:, ,