Relacionamento abusivo é tema de exposição de fotos no Shopping Pátio Cianê

Por: Secom Sorocaba

Quem for ao Shopping Pátio Cianê, no Centro de Sorocaba, já pode conferir a exposição fotográfica do projeto “A Marca na Rosa”, com imagens de garotas que foram retratadas, num visual contemporâneo, como vítimas de violência causada por relacionamentos abusivos. As fotos também trazem trechos do poema “A Marca na Rosa”, escrito pela jovem Estéfany Vitória Saez, de 18 anos de idade, que vivenciou um relacionamento abusivo.

“A Marca na Rosa” é promovido pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Coordenadoria da Mulher da Secretaria de Cidadania e Participação Popular (Secid), em parceria com a Secretaria de Educação (Sedu) e Secretaria de Cultura e Turismo (Secultur).

O objetivo do projeto é de contribuir para que os jovens tenham uma melhor compreensão do que é um relacionamento abusivo e assim diminuir o número de meninas vítimas de agressões, principalmente por seus namorados ou companheiros, esclarecendo os malefícios causados por relacionamentos ciumentos e conturbados.

A ideia partiu da estudante Estéfany Vitória Saez, que vivenciou um relacionamento abusivo e percebeu que deveria falar abertamente sobre sua experiência pessoal para que o mesmo não continuasse a se repetir com outras meninas. Pensando nisso, a jovem procurou o poder público para que juntos pudessem criar uma ação para levar o assunto às escolas.

Além das fotos, a exposição também traz um banner do violentômetro, que orienta as mulheres a prestarem atenção em comportamento e ações que podem evoluir para ofensas, ameaças e abuso sexual.

As fotos ficarão expostas até o dia 20 de novembro no Shopping Pátio Cianê, localizado na avenida Afonso Vergueiro, ao lado do Terminal Santo Antônio. Na sequência, até janeiro de 2010, a mostra circulará em outros locais de grande circulação da cidade.

De acordo com a Coordenadoria da Mulher, assim que tiver início às aulas, a exposição será levada aos alunos do Ensino Médio de escolas estaduais e 9º anos das escolas municipais da cidade que vão participar do projeto, quando também serão realizadas rodas de conversa, distribuição de material informativo, entre outras ações. Mais informações sobre o projeto podem ser obtidas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelo telefone (15) 3229.3440 (Coordenadoria da Mulher).

 

 

  • 1 (102.89 KB)
  • 2 (121.25 KB)
  • 3 (117.27 KB)

Tags: