Endereço: http://agencia.sorocaba.sp.gov.br/reserva-ambiental-do-rio-de-janeiro-recebe-o-casal-de-antas-do-zoo/
Acessado em: 04/06/2020 - 07h18

Reserva ambiental do Rio de Janeiro recebe o casal de antas do Zoo

Por: Letícia Campos

 

A Reserva Ecológica de Guapiaçu (Regua) recebeu, na manhã de quinta-feira (4), o casal de antas, “Marcelinho” e “Bianta”, que saíram do Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”, ligado à Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema), rumo à reserva ambiental, no Rio de Janeiro. A transferência foi um sucesso e ocorreu com o intuito da preservação e reprodução da espécie na mata, processo denominado “refaunação”.

Conforme o biólogo Juan Salinas, da empresa MP Fauna, empresa responsável pelo transporte dos animais, a viagem foi tranquila. “Fizemos várias paradas para verificação do bem estar dos animais, hidratação e alimentação”, comenta. “Durante todo o trajeto os animais foram monitorados por câmeras para garantia da saúde e bem estar dos animais”.

Na Reserva Ecológica de Guapiaçu as antas passarão por um período de aclimatação para só depois serem reintroduzidas na floresta da Mata Atlântica. Em um cercado de mata, elas receberão um colar de monitoramento, para serem rastreadas. Trata-se de um colar provido de rádio transmissor que emite sinais por GPS e até por satélites.

Maron Galliez, responsável pelo Projeto Refauna, do Rio de Janeiro, comenta o sucesso da operação. “Elas chegaram bem e já se alimentaram da folhagem do cercado de aclimatação, que fica no meio da floresta e banharam-se no lago do cercado”. “O projeto Refauna agradece a reintrodução da “Bianta” e do “Marcelinho” e de toda a equipe do Zoo de Sorocaba”, ressalta.

O zoológico de Sorocaba tem mantido e reproduzido espécies de antas com muito sucesso. “O Zoo está cumprindo com a sua missão, contribuindo com o revigoramento do material genético das espécies e no processo de reintrodução das antas”, comenta a bióloga Cecília Pessutti.

“A atividade de Refaunação faz parte das funções que o zoológico desempenha na sociedade que vai muito além da reconexão com a natureza, atuando, na prática, na conservação das espécies”, ressalta Felipe Cardoso, chefe de seção de Biologia e Veterinária do parque.

O Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” é referencia em manejo e educação ambiental na América Latina e está localizado na Rua Teodoro Kaisel, nº 883, na Vila Hortência.  Aberto à visitação de terça-feira a domingo, das 9h às 16h.

Muito Mais por Sorocaba!