Saae obtém garantia judicial para manter serviço durante a greve

Por: André J. Gomes

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto – Saae – conseguiu na Justiça, nesta quinta-feira (27), a “tutela de urgência por força policial”, instrumento jurídico que garante a manutenção do atendimento durante a greve geral desta sexta. A medida vai ao encontro da decisão do prefeito José Crespo, que determinou, na quarta-feira (26), que seja cortado o ponto de servidores que aderirem à paralisação programada por sindicatos.

O prefeito também orientou seus 22 secretários a não permitir o abono do dia (a falta garantida por lei em data a ser escolhida pela chefia) e que garantam o trabalho aos servidores que comparecerem. “Respeitamos o contraditório, as críticas e as reações de setores da sociedade a quaisquer atitudes dos governos, mas defendemos, acima de tudo, os direitos e as vontades da população em geral”, disse o prefeito.

José Crespo afirmou também que a greve deve ser sempre o último instrumento de pressão, nunca o primeiro nem o intermediário. Para ele, a greve deve ser espontânea e nunca forçada, com piquetes e paralisação dos meios de locomoção, etc. Ele entende ainda que a greve nunca deve ser agendada e emendada a feriados ou finais de semana e que os dias parados devem ser descontados dos grevistas como forma de eles demonstrarem sacrifício pela causa e como uma indenização aos prejuízos causados a terceiros.

“A Prefeitura de Sorocaba e suas unidades autônomas (Urbes, Saae e Pq. Tecnológico) não vão aderir à greve, mas não agirão contra ela”, disse o prefeito.
Transporte coletivo
A Urbes – Trânsito e Transportes interpôs recurso contra a decisão do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), que não concedeu a liminar para que seja mantida 70% da frota do transporte coletivo em operação nesta sexta-feira (28), durante a greve geral, tanto para a Urbes, quanto para as empresas concessionárias (Consor e STU).

A direção da empresa lamentou esse tipo de manifestação que prejudica muito o deslocamento da população e orienta a quem puder, que altere as suas viagens, até que o serviço seja normalizado.

O Sistema de Transporte possui 109 linhas de ônibus em operação. Circulando diariamente nos terminais cerca de 120 mil passageiros, sendo 80 mil no Terminal Santo Antonio e 40 mil no Terminal São Paulo.

Trânsito
Os agentes de trânsito serão posicionados desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira em pontos estratégicos de tráfego para minimizar os efeitos da paralisação. A central semafórica operará em esquema diferenciado para dar fluidez às vias arteriais. Os agentes que trabalham no CCO Trânsito – Centro de Controle Operacional – auxiliarão no monitoramento do trânsito através das câmeras instaladas na cidade.

Unidades de saúde
As unidades de saúde pública municipal também terão atendimento normal aos pacientes, se houver funcionários públicos cumprindo suas jornadas de trabalho.

Coleta de lixo
Por conta da manifestação, a coleta de lixo poderá estar prejudicada. A Secretaria de Conservação, Serviços e Obras orienta a população a manter sacos de lixo dentro de casa e aguardar o dia da próxima coleta.
Educação
Responsável por 60% dos servidores municipais, a Secretaria de Educação montou um plano de ação para garantir a segurança dos servidores que não quiserem aderir à greve e dos alunos.

Durante a semana, as diretorias de todas as escolas avisaram os pais sobre a possibilidade da redução no atendimento em algumas unidades, por conta da interrupção dos serviços de transporte e, consequentemente, pela impossibilidade dos funcionários chegarem ao seu local de trabalho.

A pasta também detectou todas as escolas da rede nas quais as equipes trabalharão normalmente e criou alternativas para as demais. Os funcionários que, por conta da greve, forem impedidos de chegar a seu local de trabalho poderão ir até uma das unidades em funcionamento para cumprir a sua jornada normalmente.

“Fizemos tudo de modo a garantir, em primeiro lugar, a segurança dos nossos alunos e o direito de quem quiser trabalhar, uma vez que nenhum servidor terá falta abonada nesta sexta-feira”, explica a secretária Marta Cassar.

Veja a lista das unidades que funcionarão:
– CEI 3
– CEI 8
– CEI 9 (apenas manhã )
– CEI 13
– CEI 15
– CEI 20 (apenas manhã )
– CEI 21
– CEI 26
– CEI 31
– CEI 43
– CEI 47
– CEI 57
– CEI 58 até 13h
– CEI 59
– CEI 60
– CEI 62
– CEI 63
– CEI 65
– CEI 68
– CEI 74
– CEI 75
– CEI 78 (até 13h)
– CEI 79
– CEI 82
– CEI 85
– CEI 84
– CEI 86
– CEI 90
– CEI 93 até 13h
– CEI 95
– CEI 96
– CEI 97
– CEI 98
– CEI 101
– CEI 105
– CEI 108
– CEI 110
– CEI 112
– Em Amin
– CEI EM Ana Ary
– CEI EM Benedito cleto
– CEI EM Comendador
– CEI EM Getúlio
– EM Helio
– EM Ines
– EM Éden
– EM Jacy até 14h
– EM José Mendes
– EM Julica
– EM Leda
– EM Mateus
– EM Milton,
– EM Ney
– EM Osvaldo D (somente a tarde)
– EM Quinzinho
– Em Tadeuzz
– EM Tereza
– EM Irineu Leister
– EM Walter carreteiro
– EM Edemir
– EM Teresa
– Em Éden até 13h
– EM Domingas
– EM Comendador
– EM Achiles de Almeid
– Centro de Referência em Educação
– Secretaria da Educação Paço Municipal

Tags:, ,