Samu 192 treina profissionais da saúde da região

Por: Ana Carolina Chinelatto (Programa de Estágio) - Supervisão: Tânia Franco – ttferreira@sorocaba.sp.gov.br

 

Curso ocorre no auditório da Sedes e aproximadamente 500 pessoas serão capacitadas até maio

O Núcleo de Educação Permanente de Saúde do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) 192 de Sorocaba, realiza, entre abril e maio, treinamentos de Suporte Básico à Vida para auxiliares e técnicos de enfermagem, condutores do Samu regional de Sorocaba e bombeiros de cidades da região. Ao todo, cerca de 500 profissionais serão capacitados. O treinamento, que ateve início nesta quinta-feira (7), ocorre no auditório da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), na região central de Sorocaba, das 8h às 17h.

De acordo com a supervisora do Núcleo de Educação Permanente de Saúde do Samu, Cibele Cistina de Oliveira, o curso segue o padrão internacional da American Heart Association, organização sediada nos Estados Unidos e que providencia cuidados cardíacos para reduzir lesões e mortes causadas por doenças cardiovasculares e AVC. “Os profissionais estão sendo capacitados para ressuscitação cardiopulmonar e cerebral, seguindo o protocolo de 2015, e também aprendem como utilizar o Desfibrilador Externo Automático (DEA)”, explica.

A finalidade do treinamento, conforme Cibele, é uniformizar os procedimentos de atendimento dos profissionais de saúde às vítimas de parada cardiorrespiratórias, assim como em urgências e emergências. “Deste modo podemos melhorar a saúde da população e evitar complicações em um quadro de saúde”, ressalta.

Cinco turmas, divididas pelos municípios de acordo com a escala dos profissionais, de modo a não prejudicar no atendimento, vão participar do treinamento, que tem duração de cinco horas. As capacitações serão realizadas ainda nos dias 11, 20 e 25 de abril e 9, 13, 16, 18, 19, 26 e 27 de maio.

Nesta sexta-feira (8), profissionais de cinco cidades da região participam do treinamento. Bombeiro que atua em Tatuí, Mateus de Oliveira da Silva considera importante esse tipo de capacitação. “Além de padronizarmos as equipes, nós vamos conseguir atualizar as nossas técnicas”, frisa. A opinião é compartilhada pela técnica de enfermagem Janaína Santana, de Araçariguama, que também está participando do curso. “O que aprendermos vai refletir positivamente no serviço prestado à população”, complementa.

 

 

Tags:, , , ,