SAMU participa de simulado em explosão

Por: Marcelo de Almeida Júnior

Na manhã desta quinta-feira (24) o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), participou de um simulado em explosão na área de inflamáveis com o objetivo de identificar e corrigir as possíveis falhas e dificuldades nos resgates. A iniciativa foi promovida pela empresa Wobben Windpower Indústria e Comércio Ltda. A simulação ocorreu no barracão da instituição, onde encenaram uma explosão com o total de 10 vítimas.

A realização contou com a participação do PAM (Plano de Auxílio Mútuo), movimento liderado pelo Corpo de Bombeiros de Sorocaba, em parceria com a Regional Sorocaba do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo). O SAMU atuou na simulação com uma ambulância de Suporte Avançado tripulada por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e condutor.

De acordo com o Núcleo de Urgência e Emergência (NUGUE) da Secretaria de Saúde (SES), além da simulação de resgate do SAMU, também houve aplicação de combate a incêndio, e atendimento às vítimas com o método START. “Esse método é uma triagem que aumenta a porcentagem de sobreviventes e evita o desperdício de transporte e hospitalização desnecessária, permitindo uma racionalização dos meios e distribuindo adequadamente os feridos para os serviços com recursos mais corretos”, explica a médica e coordenadora de urgência e emergência, Maria Fernanda.

O SAMU atende uma média mensal de 2 mil ocorrências e frequentemente participa desses simulados em conjunto, para padronização dos atendimentos e integração entre outros serviços.

Simulado 2

Tags: