Saúde antecipa início de trabalho dos profissionais do Mais Médicos para esta segunda-feira

Por: Marcelo de Almeida Júnior - marcalmeida@sorocaba.sp.gov.br

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), antecipou o início de trabalho dos profissionais do programa Mais Médicos para a próxima segunda-feira (3). Até o final da semana que vem, 14 médicos já estarão atuando nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que possuem Estratégia Saúde da Família (ESF). Os outros seis iniciarão suas atividades na segunda semana de dezembro. A informação foi divulgada através de uma integração realizada pela pasta para os novos médicos nesta quinta-feira (29) na Escola de Gestão Pública (EGP) “Dr. José Caetano Graziosi”.

De acordo com a SES, o Ministério da Saúde colocou data limite para o dia 14 de dezembro para que os 20 profissionais desenvolvam seus ofícios nas UBSs, mas a gestão atual conseguiu adiantar o início. Segundo a secretária da Saúde, Dra. Marina Elaine Pereira, a gestão do prefeito José Crespo está tendo um grande empenho para que a população não fique desassistida. “Nossa equipe se organizou e imediatamente convocou os inscritos para uma integração realizada pelos gestores responsáveis das áreas envolvidas na ESF. No dia 3 de dezembro, já teremos seis médicos trabalhando nas UBSs Wanel Ville, Barão, Rodrigo e Vitória Régia”, explica a secretária.

A integração recebeu 19 médicos dos 20 inscritos e a equipe organizadora atendeu cada profissional para a escolha de vaga. As unidades a receber os novos médicos são: UBS Barão (2), UBS Brigadeiro Tobias (1), UBS Cajuru (1), UBS Habiteto (3), UBS Nova Esperança (2), UBS Paineiras (2), UBS Rodrigo (2), UBS São Bento (1), UBS Ulisses (1), UBS Vitória Régia (3) e UBS Wanel Ville (2).

Durante a integração, a SES apresentou como funciona toda a estrutura da Rede Pública Municipal de Saúde. O início da apresentação contou com o médico e gestor técnico da Atenção Básica, Dr. Frederico Grizzi de Campos, que destacou aos novos integrantes a importância da UBS e que ela funciona como a porta de entrada principal à população. “Vocês deverão buscar 85% de resolutividade dos casos atendidos em suas UBSs, isso é o que preconiza o Ministério da Saúde e vamos focar nesse objetivo”, ressalta o gestor.

Outras áreas, como Núcleo de Urgência e Emergência, Policlínica, Vigilância em Saúde, Serviço de Atendimento Domiciliar e Recursos Humanos, estiveram na integração para explicar todos os fluxos que possuem ligação com as UBSs e também para sanar dúvidas dos presentes, como encaminhamentos e fichas para notificar suspeitas de arboviroses (dengue, chikungunya, zika e febre amarela).

Dos 20 médicos, nove são de Sorocaba, um de Itapetininga, um de Jundiaí, um de Votorantim, um de São Carlos e um de Mogi Guaçu. Outros seis são de cidades dos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Bahia e Rondônia.

A médica de 27 anos, Caroline Damaceno, veio da cidade de Vilhena, em Rondônia, para trabalhar em Sorocaba. “Escolhi o Mais Médicos por conta da estabilidade e o desejo de atuar em prol da comunidade. Escolhi essa cidade, pois tenho familiares que fazem tratamento de saúde na região e poderei estar próxima”, conta a médica.

Já o baiano natural de Feira de Santana, mas morador de Sorocaba há nove anos e formado na cidade, Johnny Ramos, conta que se inscreveu na primeira meia hora da abertura das inscrições para o Mais Médicos. “Eu nem acreditei quando consegui escolher Sorocaba como local de trabalho, madruguei no computador para efetuar a inscrição. Estou ansioso para ajudar a comunidade como médico e criar um vínculo humanizado”, conta.

Tags: