Prefeitura oferece academia de musculação para pacientes com doenças crônicas

Por: Marcelo de Almeida Júnior - marcalmeida@sorocaba.sp.gov.br

Desde setembro de 2018, a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Saúde (SES), dispõe de uma academia de musculação em anexo à Unidade Básica de Saúde (UBS) Brigadeiro Tobias que atende pacientes em tratamentos de saúde como pessoas vivendo com HIV, diabéticos, hipertensos e depressivos.

Atualmente, o projeto atende 20 pacientes, sendo nove com HIV e funciona de segunda a sexta-feira das 13h30 às 16h. Cada usuário utiliza da academia pelo menos duas vezes por semana e o acesso ao programa se dá pela manifestação das pessoas em tratamento no Serviço de Atendimento Municipal Especializado (SAME) através de uma lista de interessados disponível na farmácia do local. Também são inseridos alguns casos indicados pelas Equipes de Estratégia Saúde da Família da UBS Brigadeiro Tobias.

Com a orientação da profissional de Educação Física, Milene Branco, os pacientes passam por uma avaliação física e iniciam seu treinamento com uma proposta terapêutica e individualizada.

Milene ressalta a importância e a necessidade de ampliação de políticas públicas que promovam o combate ao sedentarismo e que conforme o esperado essa experiência tem proporcionado um impacto considerável na qualidade de vida desses pacientes e de suas famílias. “A orientação adequada é fundamental para a adesão e permanência dos pacientes nessa proposta complementar de tratamento”, destaca.

Matilde Regina, paciente de 55 anos e inscrita no projeto por ser hipertensa e diabética, comenta que em poucos dias seu sono melhorou, a disposição aumentou e se sentiu mais motivada a fazer uso correto das medicações prescritas pela sua médica. “Estou me sentindo bem melhor desde que comecei os treinamentos na academia”.

A coordenadora do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), Helena Solla, acrescenta que a iniciativa partiu da necessidade das pessoas que vivem com HIV se manterem ativas. “A partir dessa ideia também foi possível ir agregando os demais pacientes com o consentimento da própria população”, explica.

A secretária da Saúde, Dra. Marina Elaine Pereira, elogia a iniciativa da equipe da SES. “Atualmente, a secretaria vem realizando inúmeras ações sobre o tema das Infecções Sexualmente Transmissíveis. A academia é mais um recurso positivo para assistirmos esses pacientes”, ressalta.

O projeto da academia também conta com parceria da Universidade de Sorocaba (UNISO) que disponibiliza estagiários do curso de Educação Física. A SES vem adequando as instalações da UBS Brigadeiro Tobias para a intenção de uma possível ampliação.

Tags: