Secretaria da Saúde capacitou 91 profissionais das Residências Terapêuticas

Por: Marcelo Almeida

A Secretaria de Saúde (SES), por meio da Coordenação de Saúde Mental, capacitou 91 profissionais, entre cuidadores e técnicos de enfermagem, que atuam nas Residências Terapêuticas de Sorocaba. A capacitação foi realizada na Escola de Gestão Pública (EGP) “Dr. José Caetano Graziozi”, no Alto da Boa Vista, nos dias 17, 18 e 24 de abril pela equipe multiprofissional do setor. O principal objetivo da ação foi promover integração aos novos profissionais das RTs de Sorocaba, capacitando-os tecnicamente para o exercício do trabalho.

Durante a realização foi possível abranger conteúdos sobre o processo de desinstitucionalização, composição da RAPS (Rede de Atenção Psicossocial), importância do cuidado técnico humanizado e ética profissional. As Residências Terapêuticas foram instituídas pela Portaria/GM nº 106, de fevereiro de 2000, e são parte integrante da Política de Saúde Mental do Ministério da Saúde. Esses dispositivos, inseridos no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS), são centrais no processo de desinstitucionalização e reinserção social dos egressos dos hospitais psiquiátricos.

De acordo com a SES, essa capacitação faz parte de um Programa de Educação Permanente que a Coordenação de Saúde Mental realiza desde maio de 2017 e que aborda diferentes temas em parceria com diversos profissionais da Rede de Saúde da Prefeitura de Sorocaba. As capacitações terão continuidade mensalmente abordando assuntos que auxiliem os profissionais no desenvolvimento da prática de trabalho.

As instruções técnicas apresentadas aos colaboradores foram lideradas pelos seguintes profissionais e integrantes da coordenação de Saúde Mental: a psicóloga Camila Maria de Almeida Lima; a psicóloga e supervisora de Saúde, Livia Pero Siviero Canavezi; o advogado e chefe de Seção, Fernando Ribeiro Schiavi; a enfermeira e supervisora de Saúde, Telma Raquel de Andrade Amaral; e a terapeuta ocupacional e supervisora de Saúde, Eline de Araújo Vitor.

Sorocaba possuí atualmente 40 Residências Terapêuticas que abrigam cerca de 370 moradores que são egressos de hospitais psiquiátricos. A Rede Municipal de Saúde Mental também conta com 7 CAPSs (Centro de Atenção Psicossocial), sendo três delas voltadas ao público infantojuvenil. Em 2017, foram prestados cerca de 70 mil atendimentos médicos e multiprofissionais nas sete unidades.

 

Tags: