Secretaria da Saúde oferece mais de 3.500 procedimentos através de emendas

Por: Marcelo de Almeida Júnior - marcalmeida@sorocaba.sp.gov.br

A gestão do prefeito José Crespo tem como prioridade a saúde do município. Desde que assumiu como chefe do Executivo em 2017, inúmeras ações vêm sendo realizadas em prol da população. Recentemente, a Secretaria de Saúde (SES) obteve uma grande conquista após receber emendas parlamentares de vereadores para melhorar a assistência em Sorocaba. Mais de 3.500 procedimentos envolvendo cirurgias e exames foram e serão ampliados na Santa Casa, Banco de Olhos de Sorocaba (BOS), Hospital Santa Lucinda, Gpaci (Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil) e Apae (Associação Pais e Amigos dos Excepcionais de Sorocaba).

Através das emendas dos vereadores Irineu Toledo, Pastor Apolo, Silvano Jr, Cíntia de Almeida (atual secretária da Secretaria de Igualdade e Assistência Social), Pastor Luís Santos, Anselmo Neto, Rodrigo Manga, Wanderley Diogo, Vitão do Cachorrão e Péricles Régis, a SES e a Santa Casa tiveram grandes melhorias na oferta de serviços à população. Com esse dinheiro foi possível reforçar o custeio do hospital e a realização de mais de 389 saídas clínicas e cirúrgicas.

Outra melhora realizada foi a de contratação de leitos. Foram contratados mais 15 leitos para enfrentar a época de sazonalidade. Com esses novos leitos o atual governo zerou a fila de espera para internação na Santa Casa. O fato é inédito em todas as gestões que passaram pela cidade. De acordo com a SES, essa fila de espera zerada é chamada de “retaguarda”, ou seja, leito de internação normal, não inclui casos de urgência e emergência e observação. A SES e a Santa Casa também irão ofertar até o fim deste ano 1.320 densitometria óssea com laudo, 660 mamografias bilaterais com laudo e 1.293 ressonâncias magnéticas.

A secretária da Saúde, Dra. Marina Elaine Pereira, destaca o empenho da SES e a parceria com o legislativo. “O trabalho dos vereadores é muito importante para nossa gestão pública. Não só para fiscalizar o Executivo, mas também para trazer essas emendas que beneficiam a população. Outro fator importante é a gestão que vem sendo implementada e efetuada na Secretaria de Saúde. Queremos cada vez mais melhorias”, afirma a secretária.

Para o hospital Gpaci, a vereadora Iara Bernardi e o vereador Rodrigo Manga destinaram dinheiro para fortalecer o atendimento especializado e o tratamento em oncologia infantil. Já no BOS, a ex-vereadora e atual secretária da Secretaria de Igualdade e Assistência Social destinou recurso para desafogar filas de pacientes para procedimentos oftalmológicos. A oferta está em andamento para quatro casos de pterígio, 39 de retina e 10 de estrabismo. Todos esses atendimentos incluem consultas e exames necessários de forma integral.

No Hospital Santa Lucinda está em andamento 179 procedimentos cirúrgicos, sendo 55 de histerectomia, 54 de colecistectomia, 40 de hérnia e 30 de hemorroidectomia. Os recursos foram destinados pelos vereadores Renan Santos e Iara Bernardi. Segundo a SES, ainda está em fase de pactuação para ampliação de procedimentos para o Gpaci, Apae e Santa Casa através de emendas que ainda não foram utilizadas.

Tags: