Secretário destaca em vídeo a importância da gestão compartilhada na rede municipal de Educação

Por: Marcelo Andrade

André Gomes faz ainda apelo aos profissionais da rede para que não acreditem em tudo o que é postado em redes sociais e que se recusem a participar de enquetes sobre o tema sem antes se informar a respeito

O secretário municipal de Educação, o professor e jornalista André J. Gomes, divulgou vídeo direcionado aos profissionais que atuam na área para destacar a importância da implementação da gestão compartilha na rede municipal de ensino a partir de 2019. O secretário faz ainda um alerta e classifica como “temerosa” uma enquete realizada em uma página do Facebook denominada “Enquete Sorocaba”, em que as pessoas votam sobre o que os autores chamam de “terceirização do serviço público” em Sorocaba e, sobretudo, quanto a uma mensagem divulgada em grupos do whatsapp, atribuída ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, este estaria pedindo para que votassem na pesquisa contra a tal terceirização, sem discussão prévia ou aprofundamento do assunto.

Eu recebi agora pela manhã (domingo) uma série de prints de uma mensagem distribuída em grupos de whatsapp avisando que a página no Facebook ‘Enquete Sorocaba’ está realizando uma pesquisa sobre a terceirização. Nessa mensagem, o sindicato pede a todos para entrar nesse site e votar contra a gestão compartilhada. Sem nenhuma discussão, sem nenhum tipo de informação; simplesmente pedem para que votem contra. O que eu gostaria de dizer a vocês é que eu acho isso muito, mas muito temeroso”, disse o secretário, que completa: “A gestão compartilhada em Sorocaba virá para ajudar os profissionais da rede municipal de ensino a prestar um serviço cada vez melhor para os nossos alunos. A gestão do prefeito José Crespo, que foi democraticamente eleita, tem compromisso de governo e um deles é fazer uma rede municipal de ensino cada vez melhor. Para isso, a gestão compartilhada é um caminho muito importante e será um auxílio, uma ferramenta, muito importante para ajudar os profissionais em nossas escolas a fazerem seus trabalhos cada vez melhor.”

O secretário de Educação lembra ainda que no próximo ano Sorocaba terá mais de 20 novas escolas e creches e que a rede precisará de profissionais para atuar nessas unidades de ensino. “Nós precisamos de recursos humanos para trabalhar nessas unidades. Nós não podemos mais contratar pessoas, pois já atingimos o limite prudencial. Isso é Lei de Responsabilidade Fiscal. Não podemos mais aumentar a folha de pagamento. A gestão compartilhada será muito importante, vai ajudar no trabalho dos profissionais de educação. Jamais prejudicá-los, jamais prejudicá-los. Não acreditem assim, de antemão, sem nenhum tipo de questionamento no que circula de informação (…)”, explicou.

Segundo Gomes, caberá à Secretaria da Educação (Sedu) e à Prefeitura a gestão e fiscalização das unidades que irão operar no sistema da gestão compartilhada. Segundo o secretário, será feita a melhor gestão compartilhada possível para escolher as melhores OSs. “Temos que saber quem são os professores dessas OSs, quais são suas ideias e quais as estruturas delas. Se nós trabalharmos juntos, faremos a melhor gestão compartilhada possível e Sorocaba será referência nacional nesse sentido”, ressaltou.

Tags: