Sehab e BB promovem curso sobre resíduo orgânico no Residencial Carandá

Por: Laura Souza (programa de estágio) – Supervisão: Neide Barbosa

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Habitação e Regularização Fundiária (Sehab), em parceria com a Fundação Banco do Brasil, realizou na última semana com os moradores Residencial Carandá, o curso de resíduo orgânico, denominado “Projeto VIDAS – Compostagem para um Mundo Melhor, Carandá e Altos”. O curso mostrou aos participantes técnicas de tratamento de resíduos orgânicos e compostagem, e foi promovido através do Projeto Moradia Urbana com Tecnologia Social (MUTS), tendo suas aulas ministradas pelo Centro de Estudos de Promoção da Agricultura de Grupo (Cepagro).

O curso que leva “A Revolução dos Baldinhos” como tema, constitui a gestão comunitária de sedimento sincronizada à prática de Agricultura Urbana. Graças a essa implementação do curso no Jardim Carandá e Jardim Altos do Ipanema, os residenciais podem dar um destino adequado aos resíduos, visto que ambos são responsáveis pela produção, significativa, diária de lixo.

Inicialmente, o projeto está sendo aplicado no Condomínio Buriti (Carandá) e, gradativamente, será reaplicado nos demais Condomínios. A difusão será realizada pelos participantes do curso com a distribuição de “baldinhos” para que os moradores armazenem restos de alimentos e depositem, posteriormente, nos Pontos de Entrega Voluntária (PEV) que estarão espalhados no interior de cada Condomínio.

O material, por sua vez, será recolhido duas vezes por semana e encaminhado para as “composteiras” também instaladas no interior do Condomínio. Da compostagem, os moradores poderão extrair o adubo e o fertilizante composto líquido (biofertilizante), para que assim eles possam ser utilizados nas hortas e também comercializados, gerando portanto uma renda para os participantes.

O projeto Moradia Urbana com Tecnologia Social (MUTS) é um programa da Fundação Banco do Brasil, que tem como objetivo promover o desenvolvimento social nos empreendimentos habitacionais do Programa Nacional de Habitação Urbana (PNHU). O projeto utiliza de tecnologias sociais como a Criação de Bibliotecas Comunitárias, Gestão Comunitária de Resíduos Orgânicos e Agricultura Urbana, Produção Agroecológica de Alimentos em Meio Urbano e Joias Sustentáveis. Tendo a aplicação da tecnologia definida de acordo com a escolha dos moradores de cada empreendimento.

 

Muito Mais Por Sorocaba!

 

Tags: