SES inicia 2ª turma de oficina de humanização no atendimento

Por: Eduardo Santinon – esantinon@sorocaba.sp.gov.br

 

A Secretaria da Saúde de Sorocaba (SES) iniciou nesta quarta-feira (11), a segunda fase da Oficina de Implementação da Política Nacional de Humanização, voltada a servidores que atuam na área de saúde. Desta vez, o público-alvo é coordenadores de unidades de saúde e este primeiro encontro reuniu cerca de 20 representantes. Em abril, 160 funcionários de setores administrativos da SES foram capacitados. Já a terceira e última fase será destinada aos profissionais da área de enfermagem.

“Ainda é cedo para sentirmos nas unidades algum reflexo desse trabalho iniciado há um mês. Essa nova fase, direcionada aos supervisores das unidades, é o ‘coração’ desse trabalho. Estamos colocando a humanização como peça fundamental no atendimento. Há necessidade de alguma mudança e dentro em breve, após esse preparo todo, o objetivo é fazer com que haja melhora no serviço prestado”, destacou o secretário da Saúde, Francisco Fernandes, durante o evento que ocorreu no auditório do Hospital do Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (Gpaci).

No decorrer do treinamento, os participantes recebem orientações sobre comunicação e expressão, ética profissional e relações de trabalho e empreendedorismo. Assim como instruções que enfocam comunicação verbal e não verbal, escuta qualificada, postura, olhar e segurança dos fluxos de trabalho, conceitos éticos, além de respeito às crenças e valores. “O objetivo é qualificar os procedimentos de atendimento. A troca de informações entre profissionais também é importante nesses encontros”, frisa a supervisora de Área da Saúde da SES, Diéssika Falleiros.

Coordenadora da UBS Cajuru, Ana Paula Diegues participou da oficina nesta quarta-feira e elogiou a iniciativa. “É uma proposta muito interessante onde podemos, inclusive, esclarecer nossas dúvidas quanto a alguns procedimentos.” Na próxima semana, outra turma de coordenadores de unidades de saúde passará pela mesma capacitação.

Outros temas abordados na oficina são os princípios e diretrizes da Política Nacional da Atenção Básica à Saúde, Política Municipal de Humanização, Sistema Único de Saúde (SUS), Liderança Servidora, Práticas Integrativas, Regulação Municipal e organização de serviços e fluxos. A oficina conta com palestras de representantes das secretarias da Saúde e de Planejamento e Gestão (SPG), do Setor de Comunicação (Secom) da Prefeitura, além do apoio da Secretaria da Administração (Sead).

Após a terceira fase da oficina, aos enfermeiros, a SES programa um encerramento do curso reunindo representantes dos três segmentos que participaram da ação. “Nossa meta é fazer com que os casos rotineiros sejam resolvidos de forma mais rápida, mas de modo geral, melhorar cada vez mais o atendimento para o público”, resumiu o secretário.

 

Tags:, ,