Do Turismo de Negócios ao Cultural, Sorocaba oferece inúmeros atrativos aos seus visitantes

Por: Joyce Souza - Programa de Estágio / Secult

Nesta quinta-feira, dia 13 de junho, comemora-se o Dia Nacional do Turista. Em Sorocaba, essa data não poderia ser mais especial, já que a cidade é responsável por abrigar importantes pontos turísticos do Estado de São Paulo, através da sua rica história e cultura, com estrutura e infraestrutura de qualidade para atender moradores e turistas.

Durante a semana, a grande parte dos turistas é voltada aos negócios, pois existe um forte polo industrial no município, com inúmeras indústrias e empresas, que fomentam não apenas a economia local, mas também a regional. Já aos fins de semana, o fluxo é caracterizado pelos visitantes que buscam na cidade eventos culturais, parques municipais, espaços gastronômicos, entre outros.

Considerado o principal atrativo turístico da cidade, o Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”, localizado na Vila Hortência, ocupa uma área de, aproximadamente, 130.000 metros quadrados, com cerca de 1.200 animais de 300 espécies, sendo 70% deles pertencentes à fauna brasileira. É um dos maiores acervos da América Latina.

A cidade também conta com ciclovia e mais de 20 parques municipais abertos ao público, com uma ampla área verde e muitos deles apropriados para a prática de esportes e caminhadas.

 
Cultura

Além disso, existem inúmeras opções de turismo cultural em Sorocaba. Museus, monumentos, patrimônios e construções históricas relembram a história de uma cidade que foi de grande relevância para o desenvolvimento socioeconômico do país, passando pelos principais ciclos econômicos, o desenvolvimento da agricultura e da indústria com a criação da Estrada de Ferro Sorocabana.

Um dos museus da cidade, que pode ser visitado de terça a domingo, está localizado no interior do zoológico: o Museu Histórico Sorocabano (MHS). Somente em 2018, o espaço administrado pela Secretaria da Cultura (Secult) recebeu a visita de 88.124 pessoas de diversos lugares do país, que conheceram um acervo, formado por objetos, pinturas, esculturas, documentos e imagens de significação histórica para Sorocaba e região, que conta toda a história do surgimento do município e seus moradores e personalidades, muitos com participação ativa na formação e desenvolvimento não só da cidade como do país.

Além do acervo, o casarão, que há 65 anos hospeda o MHS, chama a atenção dos visitantes. Construído em 1780, pelas mãos de escravos de João de Almeida Pedroso, o imóvel já foi sede de fazenda, residência e escola. Em seu jardim, há alguns instrumentos como Tearez, Chafariz e Trole (Charrete), que contam um pouco mais da história do local.

Já a região central de Sorocaba oferece espaços interessantes para o turista conhecer e admirar. A Boulevar Braguinha é ponto central de lojistas de Sorocaba. Bem perto, é possível visitar o Mosteiro São Bento, a Praça Coronel Fernando Prestes, a Catedral Metropolitana, a Biblioteca Infantil, o Palacete Scarpa e o Mercado Municipal.

Outros pontos de visitação do Centro são o Museu da Estrada de Ferro Sorocabana (MEFS), a Pinacoteca Municipal, o Museu da Arte Contemporânea de Sorocaba (MACS), o Museu dos Esportes, a antiga Estação Ferroviária e a Casa do Turista, onde o visitante tem acesso a informações, com painéis com pontos de visitação, além de uma exposição de Sorocaba ontem e hoje que mostra a transformação da cidade.

As bibliotecas municipais da cidade também são pontos de referência. Para a estudante baiana Laís Moraes Bernardo Santos, que atualmente mora em Sorocaba, os pontos de leitura são ambientes de passeio para toda a família. “Eu acho as bibliotecas incríveis! Frequento principalmente a da Prefeitura. Meu irmão ama os eventos de leituras que tem para crianças”, comenta.

Além disso, a Secretaria da Cultura atua com o planejamento e execução de importantes eventos da cidade, voltado aos moradores e turistas, promovendo a riqueza cultural de Sorocaba, como, por exemplo, a Semana do Tropeiro, realizada no mês de maio, a programação de aniversário da cidade, em agosto, e a programação de Natal, em dezembro.

 
Outros atrativos

O Turismo Religioso também é praticado no município e, neste segmento, um dos principais atrativos é a Capela de João de Camargo, construída em 1907, procurada por fiéis de todo o Brasil. Além das igrejas históricas, na cidade sedia grandes eventos religiosos, como a tradicional Romaria da Aparecidinha.

O Turismo de Saúde, segmento que fez a cidade adquirir o prêmio “Top Destinos Turísticos” em 2018, também se destaca com SPAs de qualidade, o Banco de Olhos de Sorocaba (BOS) – reconhecido internacionalmente -, e o Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (Gpaci), que atraem pessoas de diversos lugares do Brasil para consultas e tratamentos.

 
Potencial para o Ecoturismo

Ainda de acordo com a Sedetter, com o crescimento da cidade, Sorocaba está preparada para desenvolver o seu potencial turístico de forma ampla, especialmente na área de Ecoturismo, devido a áreas naturais protegidas e a estrutura de parques e praças. Além disso, a cidade possui uma rica história de abrangência nacional que traz aspectos culturais em sua bagagem prontos a serem explorados.

Para que seja possível identificar os objetivos da cidade com maior precisão e planejar os atrativos, serviços e produtos turísticos regionais, Sorocaba pertence à Região Turística “História e Aventuras”, que foi criada em 2017 com o intuito de atender a uma demanda do Ministério do Turismo e, como consequência, a região ganhou espaço no Mapa do Turismo Brasileiro.

A Casa do Turista funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e está localizada na avenida Afonso Vergueiro, 330, no Centro. Mais informações sobre o Turismo em Sorocaba pode ser conferido no site http://turismo.sorocaba.sp.gov.br/, pelo telefone: (15) 3233-2043 ou ainda pelo e-mail turismo@sorocaba.sp.gov.br.

 

Muito mais por Sorocaba!

 

Tags:, ,