Sorocaba participa de capacitação para usar ferramenta de gestão de unidades de conservação

Por: Mariana Campos – macampos@sorocaba.sp.gov.br

Sorocaba está participando nesta semana, de 7 a 10 de outubro, de uma oficina de capacitação do Sistema de Análise e Monitoramento da Gestão de Unidades de Conservação (SAMGe) na sede da Cetesb, em São Paulo (SP). O representante do município é o chefe de Divisão de Parques e Unidades de Conservação da Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema), José Carmelo de Freitas Reis Júnior.

Promovida pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), do Ministério do Meio Ambiente, com apoio do ICLEI – Governos Locais pela Sustentabilidade, o curso visa capacitar os gestores municipais, estaduais e federais na ferramenta, que possui uma plataforma on-line e dá a possibilidade de qualificação da gestão da unidade quanto à efetividade, um dos quesitos destacados na meta 11 da Convenção de Diversidade Biológica da ONU.

Desenvolvido pelo ICMBio, o SAMGe permite ao gestor da Unidade de Conservação (UC) analisar como estão os diferentes usos no território, identificar os conflitos, avaliar se as ações de manejo estão adequadas aos desafios de gestão, se os insumos são suficientes e a partir deste diagnóstico traz subsídios para o planejamento e aprimoramento da gestão, gerando ganho de efetividade a médio prazo.

Para o funcionário da Sema, José Carmelo, o curso está sendo ótimo. “É uma oportunidade de compartilhar experiência com gestores de UCs de todo o país, além de contribuir para o aprendizado na gestão das unidades. A oficina vai nos ajudar a cumprir o prazo de preenchimento do SAMGe, que termina em novembro, quando todos os gestores de unidades, equipe envolvida e conselhos gestores deverão informar objetivos, recursos e valores, usos da unidade e ações realizadas”, explica.

O ICLEI é uma rede global de cidades, vilas e regiões comprometidas com a construção de um futuro sustentável. Sorocaba vem participando junto ao projeto Áreas Protegidas Locais, implementado pela Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, em parceria com o ICLEI e a União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), tendo os Ministérios do Meio Ambiente de cada país como contraparte política.

Sorocaba possui atualmente cinco unidades de conservação: Parque Natural Municipal Corredores da Biodiversidade, Parque Natural Dr. Bráulio Guedes da Silva, Estação Ecológica Governador Mário Covas, Parque Natural Municipal de Brigadeiro Tobias e Estação Ecológica do Pirajibú.

Tags: