Sustentabilidade é tema de formação com professores da rede municipal

Por: Secom Sorocaba

Além de curso EAD, alunos e professores receberão material didático sobre o tema

Graças a uma parceria entre a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Educação (Sedu), e a Brasil Sustentável Editora, em torno de 200 professores serão capacitados no Programa Escola Educadora Sustentável. Nesta quarta-feira (29), a especialista em Educação Ambiental, presidente do Instituto ECOAR e jornalista Miriam Duailibi, realizou uma palestra de lançamento do programa com os docentes no Centro de Referência em Educação (CRE).

“Toda formação é importante porque arrecada conhecimento para os professores e, além de aculturá-los, essas informações serão transmitidas aos alunos. A sustentabilidade é um dos nossos pilares na formação dos estudantes e esse conhecimento ele levará para a vida toda e isso será importante tanto para ele conviver em sociedade quanto para a própria formação dele”, destaca o secretário da Educação, Mário Bastos.

O programa tem como objetivo, contribuir para a construção de conhecimentos teóricos e práticos de educação ambiental direcionados à comunidade escolar. Na palestra, Miriam destacou aspectos importantes da educação ambiental e da sustentabilidade, além de destacar a responsabilidade do educador para que as crianças possam ser agentes transformadores ao adquirirem hábitos sustentáveis.

Além da palestra, os professores envolvidos participarão gratuitamente de um curso EAD com quatro módulos que vão tratar de temas como: sustentabilidade, mudanças climáticas, metabolismo urbano, cultura de consumo e escolas sustentáveis.

Para a especialista Miriam, a formação é fundamental para capacitá-los sobre temas contemporâneos. “Vivemos numa época bastante difícil, com desafios muitos grandes e graves colocados para nosso enfrentamento no século XXI e os professores são parte fundamental”, explica.

Além da formação, o programa distribuirá um material pedagógico aos professores e aos alunos do Ensino Fundamental das escolas municipais participantes. Cada estudante receberá um kit contendo publicações que tratarão de temas como Saúde e Saneamento, Alimentação Saudável, Biodiversidade, Consumo e resíduos, Meio Ambiente, Uso Consciente de recursos (água, energia, alimentos e materiais) e Reciclagem.

“Todo o material traz um conteúdo crítico e reflexivo para que os professores se intere das questões e encontre uma linha de atuação em que ele faça da escola um local sustentável com pequenas atitudes, desde a mudança no uso da energia e da água, no descarte de resíduos, consumo consciente, saneamento, alimentação saudável, entre outros temas”, afirma Miriam.

A gestora de Desenvolvimento Educacional, Sonia Maria Manetta Cobianchi de Oliveira, destaca a importância de tratar o tema nas escolas já que as crianças são agentes multiplicadores. “É importante lembrar que as crianças são multiplicadoras de informações dentro de suas comunidades e a faixa etária dos 7 anos é uma fase em que as crianças acabam consolidando alguns hábitos. Se elas consolidarem hábitos de respeito ao meio ambiente isso será muito importante para o futuro”, salienta.

 

Inscrição para o curso EAD

Os professores interessados em participar da formação à distância devem se inscrever até o dia 10 de setembro através do link: http://ead.brasilsustentaveleditora.com.br/inscricoes.php.

O curso ocorrerá de 11 de setembro a 12 de novembro e terá certificação que contará para pontuação no plano de carreira do educador, estimulando e potencializando as habilidades.

 

 

 

Tags: