Trabalho educativo do Saae enfoca uso racional da água

Por: Carlos Lara - imprensa@saaesorocaba.sp.gov.br

Instituída pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba em 2005, a equipe de Educação Ambiental (EA) da autarquia vem desenvolvendo desde então um trabalho junto à população da cidade que destaca a preservação do meio ambiente e dos recursos hídricos, além da orientação e conscientização sobre a necessidade do uso racional da água, que é captada, tratada e distribuída na cidade.

Conforme destaca a coordenadora da equipe, Gláucia Cristini Franco, “seguindo as diretrizes da atual administração municipal, o novo diretor-geral da autarquia, Ronald Pereira da Silva, decidiu não apenas dar sequência ao trabalho desenvolvido, mas principalmente melhor estruturar a equipe, para dar maior abrangência e qualidade às nossas ações”.

Abrangendo todos os segmentos da sociedade, o trabalho da equipe atende as redes municipal, estadual e particular de ensino da cidade; faculdades; universidades; empresas; clubes e associações; e entidades diversas, concentrando as suas ações em dois programas: o “Água Viva” e o “Revivágua”.

O “Revivágua” visa fornecer informações sobre o processo utilizado na coleta, afastamento e tratamento do esgoto efetuado pelo Saae/Sorocaba, observando os principais processos operacionais, desde a chegada do esgoto às estações de tratamento até a disposição dos efluentes tratados de volta ao rio, bem como oferecer noções básicas sobre o meio ambiente e a atual situação e necessidade de preservação dos nossos recursos hídricos. Por meio desse programa, os grupos participantes são recebidos na Estação de Tratamento de Esgoto S-1 (ETE S-1), a maior da cidade, responsável pelo processamento de 44% do esgoto produzido na cidade.

Por sua vez, o programa “Água Viva” recebe os interessados numa visita à Estação de Tratamento de Água “Dr. Armando Pannunzio” (ETA/Cerrado), onde os participantes conhecem todo o processo necessário para que a água bruta captada torne-se própria para o consumo da população, além da oportunidade de conhecer as consequências do desperdício de água, por meio de palestras e audiovisuais.

Crianças na ETA
Nesta quarta-feira (17), a equipe de Educação Ambiental do Saae esteve mais uma vez em ação, desta vez recebendo na Estação de Tratamento de Água do Cerrado um grupo de treze alunos, do Colégio “Crescer e Aprender”, instalado no Jardim Santa Rosália.
Com idades de 8 e 9 anos, e cursando o 3º ano do Ensino Fundamental I, as crianças assistiram palestra interativa no auditório da ETA, oportunidade em que conheceram as etapas do tratamento da água dentro da estação, desde a sua chegada até a liberação para a distribuição na cidade, e em seguida fizeram um “tour” pela unidade, quando puderam visualizar os tanques e filtros do processo de tratamento e apresentar questionamentos a partir de dúvidas e curiosidades que surgiram.

Yasmin Segamarch, de 8 anos, se mostrou surpresa ao final da visita, e destacou que “não imaginava que uma estação de tratamento fosse assim e que precisasse de tanto trabalho”, enquanto que seu colega Heitor de Souza, também de 8 anos, ficou impressionado com as dimensões: “Os tanques de tratamento são muito grandes, parecem piscinas. Quero voltar outras vezes”.

O trabalho desenvolvido nesta quarta-feira marcou também a participação de quatro estagiários, que estão se integrando à equipe nesta sua fase de reestruturação, todos estudantes de Biologia, que se encontram em processo de integração e treinamento.
Ainda para este mês de maio estão agendadas visitas do Colégio Talentos, Escola Municipal “Professora Josefina Zilia de Carvalho”, Colégio Objetivo Zona Norte, Colégio Vitória e ETEC “Rubens de Faria e Souza”. Os interessados em participar devem se inscrever por meio do site www.saaesorocaba.com.br, acessando o link “Visite o Saae”.

Tags:,