Endereço: http://agencia.sorocaba.sp.gov.br/trofeu-fab-city-global-e-entregue-a-prefeitura-de-sorocaba/
Acessado em: 12/12/2018 - 04h35

Troféu Fab City Global é entregue à Prefeitura de Sorocaba

Por: Marcelo Andrade

Secretária de Planejamento e Projetos, Mirian Zacareli, recebeu a honraria das mãos de representantes da Fab Lab Facens, que, em parceria com a Prefeitura, integram a cidade à rede global de Fab City

A secretária de Planejamento e Projetos (Seplan), Mirian Zacareli, recebeu, durante reunião na Faculdade de Engenharia de Sorocaba (Facens), o troféu que oficializou a participação de Sorocaba no Projeto Fab City Global, entregue em evento realizado há pouco mais de dois meses em Paris. Na ocasião, a Prefeitura foi representada por professores da faculdade. A Prefeitura de Sorocaba junto com a Fab Lab Facens integraram a cidade à rede global de Fab City. Sorocaba foi eleita uma das três cidades do País a fazer parte do projeto Fab City pelo Instituto de Arquitetura Avançada da Catalunha, Centro MIT para Bits e Átomos e a Fundação Fab, instituições internacionais que formam o Grupo Fab City. Além de Sorocaba, fazem parte desse seleto grupo, as cidades de Curitiba e Belo Horizonte. A reunião, realizada na última sexta-feira, também serviu para discussão e alinhamento das próximas etapas do projeto.

A estratégia central da Fab City, explica a secretária, é o desenvolvimento de uma rede global de cidades que fazem parte de um ecossistema sustentável de produção e conhecimento. O projeto Fab City foi criado em Barcelona, na Espanha, e seu objetivo é desenvolver cidades totalmente produtivas e globalmente conectadas, com uma população apta a partilhar conhecimentos para solucionar problemas locais. “A próxima etapa do projeto será entender como a cidade pode se tornar mais produtiva e primeiramente é vital conhecer o status do ecossistema local de fabricação da cidade. Num sistema de informações de abordagem colaborativa buscaremos utilizar ferramentas para o mapeamento do ecossistema e registrar no projeto Fab City o maior número de informações possível das atividades que já existem na cidade de Sorocaba” explicou Mirian Zacareli.

A secretária de Planejamento e Projetos ressalta que as demais ações estratégicas impactam em uma série de objetivos ambientais, sociais e econômicos (redução de carbono, minimização de resíduos, relocalização de fabricação e trabalho) em uma abordagem sistêmica, aproveitando novas abordagens tecnológicas e de produção.


Atendendo aos requisitos

A secretária de Planejamento e Projetos explica que diversos fatores fizeram com que Sorocaba conquistasse esse importante reconhecimento, entre os quais seu potencial econômico-social. É servida por uma boa infraestrutura, sendo que atingiu o primeiro lugar no quesito Potencial de Mercado e o segundo em Infraestrutura, segundo a Endeavor; o aeroporto é um dos que mais recebem pousos e decolagens no País, no que se refere ao setor de manutenção aeronáutica; possui moderno sistema de transporte público e que deverá passar a contar nos próximos anos com sistema do BRT e até mesmo do VLT.

Possui ainda uma rede formada por 480 quilômetros de fibra ópitca interligando todas as unidades da Prefeitura de Sorocaba implantada e gerenciada pela Secretaria de Planejamento e Projetos. O sistema permite mais velocidade na transmissão de dados e informações a uma série de serviços públicos, como o videomonitoramento da Guarda Civil Municipal (GCM) e de operação de trânsito da Urbes; conexão à internet dos Sabe Tudo e unidades de saúde; lousas digitais nas escolas municipais; internet pública. A infovia serve de base ao Plano Diretor de Tecnologia da Informação (PDTI) da Prefeitura, cujo objetivo é permitir uma comunicação mais rápida, eficiente e segura entre as unidades municipais, facilitando cada vez mais o acesso aos serviços. No município estão instaladas importantes empresas e multinacionais e conta com mão-de-obra qualificada.

Possui cinco universidades, das quais duas públicas, duas comunitárias e uma privada; sete faculdades e ainda diversas instituições de ensino, públicas e privadas; conta com um Parque Tecnológico, dos mais atuantes do País, que contará ainda este ano com um Fab Lab. “Acreditamos que a Cidade Inteligente, para atingir tal status, depende de uma série de ações em uma série de áreas que não só tecnologia, inovação, etc. Afinal, a Cidade Inteligente é a adoção de políticas, ações e investimentos, de forma inteligente e com suporte de tecnologia, que permite o bem-estar da sociedade”, explica.