Visitas noturnas teatralizadas no MHS acontecem até esta sexta-feira

Por: Secom Sorocaba

Ainda há 10 vagas disponíveis para a atividade de sexta-feira

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), está promovendo uma programação especial e gratuita para celebrar os 65 anos do Museu Histórico Sorocabano (MHS). Nesta quinta e sexta-feira (14 e 15), às 19h, serão realizadas visitas noturnas teatralizadas, com o objetivo de apresentar a história do casarão, do acervo e do próprio museu de uma maneira viva e interativa.

Administrado pela Secretaria da Cultura, o espaço foi criado no dia 3 de março de 1954 e visa preservar a memória da cidade e das pessoas que ajudaram a construí-la, focando no resgate do legado do povo.

O acervo do MHS – formado por objetos, pinturas, esculturas e documentos de significação histórica para Sorocaba e região – conta toda a história do surgimento do município e seus moradores e personalidades, muitos com participação ativa na formação e desenvolvimento não só da cidade como do país.

De acordo com a Secretaria da Cultura, ainda é possível se inscrever para a visita noturna desta sexta-feira, das 10h às 16h, pelo telefone (15) 3231.1026. No momento ainda há 10 vagas disponíveis. O Museu Histórico Sorocabano está localizado na rua Theodoro Kaisel, 883, na Vila Hortência, anexo ao Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”.
Sobre o MHS

O Museu Histórico Sorocabano ficava instalado no Gabinete de Leitura Sorocabano nos primeiros anos. No ano de 1966, a família Prestes de Barros doou a chácara e o casarão, datado de 1780, para a Prefeitura. Em 1968 foi inaugurado o parque que leva o nome de seu último morador – Quinzinho de Barros – e também foi reinaugurado o Museu Histórico Sorocabano, que ocupa o casarão histórico.

O MHS nasceu com o ímpeto cosmopolita e proximista de nossa comunidade nas relações humanas que permearam o desenvolvimento da cidade. Em Sorocaba, as discussões sobre a preservação da memória se iniciaram lideradas pelo professor Renato Sêneca de Sá Fleury, acompanhado dos historiadores Aluísio de Almeida e Antônio Francisco Gaspar, reunindo, através de campanha pública, o seu primeiro acervo de peças, que foram expostas em algumas salas do Gabinete de Leitura Sorocabano e, posteriormente, em um Casarão na Rua Padre Luiz, iniciando efetivamente suas atividades dentro das comemorações do III Centenário de Fundação de Sorocaba.

Com a inauguração do Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”, o Museu Histórico Sorocabano se instalou no Casarão que fica dentro do parque, onde permanece até hoje. A área onde está o Zoológico Municipal pertencia à tradicional família sorocabana Prestes de Barros, que doou o terreno à Prefeitura de Sorocaba, que o transformou em zoológico.

 

 

Muito mais por Sorocaba!

Tags: