Zoo terá comemoração do Dia da Lontra e do Dia da Mata Atlântica

Por: Secom Sorocaba

Neste domingo (27), a partir das 13h, o Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” terá uma programação especial para comemorar o Dia Mundial da Lontra (última quarta-feira do mês de maio – dia 30) e o Dia Nacional da Mata Atlântica (27 de maio).

Realizada pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema), o objetivo das atividades de Educação Ambiental é de sensibiliza crianças, jovens e adultos que forem ao parque.

“A nossa ação tem como intuito possibilitar que o público conheça um pouco mais sobre estes animais, sensibilizando não apenas para a conservação dos mesmos, mas também da Mata Atlântica, importante bioma do qual Sorocaba faz parte”, afirma o secretário da Sema, Jessé Loures.

Das 13h às 16h, os visitantes poderão conhecer um pouco mais sobre a Mata Atlântica e as lontras numa exposição montada próximo ao lago do parque. Além disso, crianças e adultos poderão participar da campanha de votação para ajudar a escolher um nome para a lontra fêmea que vive no zoológico. Já às 14h, os interessados ainda terão a oportunidade de acompanhar a entrega de um presente especial feito para as lontras pela equipe do zoo.

O “Quinzinho de Barros” está localizado na rua Theodoro Kaisel, 883, na Vila Hortência, e funciona de terça a domingo, das 9h às 17h. Mais informações pelo telefone (15) 3227.5454.

 

Sobre a Mata Atlântica

Mata Atlântica é o nome dado para um dos biomas brasileiros, sendo que cada bioma é definido por um tipo principal de vegetação e também por possuir animais típicos. A Mata Atlântica é um bioma muito importante porque é considerada um Hotspot mundial, ou seja, uma das áreas mais ricas em biodiversidade (quantidade e variedade de espécies vegetais e animais) e mais ameaçadas do planeta, decretada Reserva da Biosfera pela Unesco e Patrimônio Nacional, na Constituição Federal de 1988.

Inicialmente a Mata Atlântica ocupava cerca de 15% de todo território brasileiro, mas hoje em dia, devido a problemas como desmatamento, poluição e crescimento das cidades, resta muito pouco da vegetação original. Sorocaba está localizada numa área de transição entre a Mata Atlântica e o Cerrado, de modo que, apesar de muitas pessoas não saberem, a Mata Atlântica faz parte da vida de todo sorocabano.

 

Sobre a lontra

Em todo o mundo existem 13 espécies diferentes de lontras, sendo que duas delas ocorrem no Brasil: a lontra brasileira (Lontra longicaudis) e a ariranha (Pteronura brasiliensis), que também é conhecida como lontra gigante. A lontra e a ariranha são espécies que originalmente tem o bioma Mata Atlântica como área de ocorrência. No entanto, no caso da ariranha, é possível que atualmente apenas poucos indivíduos vivam em áreas de Mata Atlântica.

Ambas possuem hábitos semiaquáticos e dependem dos rios e lagos brasileiros para viverem. A ariranha é endêmica do Brasil, ou seja, em todo o mundo, ele só existe no nosso país. Infelizmente, ela está ameaçada de extinção.

Mas os problemas que ameaçam as ariranhas também prejudicam as lontras e não apenas a espécie brasileira. Dentre as ameaças estão a poluição dos rios, a construção de barragens, a caça ilegal e os atropelamentos. Diante de tantas ameaças e com o objetivo de ajudar a conservar todas as espécies de lontra, a última quarta-feira do mês de maio foi escolhida como Dia Mundial da Lontra.

 

Tags: